DESODORANTES ANTITRANSPIRANTES FAZEM MAL? DEIXAM A PELE DAS AXILAS SENSÍVEL? ENTENDA!

Descubra se esse produto pode fazer algum mal à sua pele

Especialização em Clínica Médica e Dermatologia pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Médica Colaboradora do Setor de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; Coordenadora do Programa Pró-Albino; Fellowship em Cosmiatria – Dr. Zoe Draelos, Carolina do Norte – EUA; Fellowship em Tricologia – Universidade de Bolonha, Itália – Prof. Antonella Tosti; Fellowship em Dermatoscopia e Microscopia Confocal – Universidade de Modena / Reggio Emilia, Itália; Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Academia Americana de Dermatologia e do Colégio Ibero-Latinoamericano de Dermatologia

VEJA MAIS
Na rotina de cuidados com a pele, o desodorante é um item de higiene essencial. Além de combaterem o mau odor, muitos têm ação antitranspirante, controlando a produção de suor. No entanto, existe a ideia de que este tipo de produto faz mal à saúde: enquanto uns defendem que eles podem causar câncer, outros acreditam que ele pode provocar sensibilidade nas axilas. Para entender um pouco mais sobre o assunto, o DermaClub entrevistou a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo. Entenda!

Leia também: Problemas de pele como tratar

Desodorantes antitranspirantes tradicionais atuam na inibição da transpiração
Segundo a dermatologista, a transpiração é composta por dois fatores: o suor e o mau-cheiro. “Na sudorese, que é a transpiração, temos a hiperidrose, ou seja, o excesso de suor, e a participação das bactérias, que fazem uma metabolização desse suor causando o mau odor, chamado de bromidrose”, explicou a médica. Os desodorantes comuns podem atuar nessas duas frentes ou em apenas uma delas – no caso dos antitranspirantes, o que acontece é uma inibição da glândula sudorípara. “Os antitranspirantes são substâncias presentes nos desodorantes que têm essa capacidade de diminuir, ou seja, inibir a produção de suor, minimizando a sudorese”, afirmou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Alumínio é a principal substância antitranspirante presente nos desodorantes, e pode ter potencial irritativo
Para que aconteça essa inibição do suor, é necessário que existam componentes que ajam com esse intuito. Segundo a dermatologista, o principal deles é o alumínio. “O cloreto de alumínio tem esse potencial e está presente na maioria dos desodorantes antitranspirantes”, afirmou. O que acontece é que, dependendo da concentração, esse ingrediente pode causar sensibilidade na pele e até problemas como a dermatite. “Algumas pessoas não conseguem tolerar essas concentrações, criando uma irritação na pele ou uma dermatite de contato”, concluiu a médica.

A melhor alternativa são os desodorantes com ingredientes que absorvem a umidade
Para escolher o melhor desodorante, a dica é optar por fórmulas que contenham ativos que absorvam a transpiração. “Substâncias como o óxido de magnésio são uma excelente opção, uma vez que têm a capacidade de absorver a umidade da pele sem inibir a produção da glândula sudorípara. A dica, então, é procurar utilizar substâncias que sejam efetivas em concentrações adequadas, testadas dermatologicamente e tenham menor potencial irritativo”, finalizou a Dra. Carolina.

Dermatologista:

Drª. Carolina Reato Marçon // CRM: 113.379

Dra. Carolina Marçon é fez sua especialização em Clínica Médica pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e em Dermatologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Possui título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e Associação Médica Brasileira (AMB). Especialização em Dermatoscopia e Oncologia Cutânea no Hospital AC Camargo. Membro Titular da American Academy of Dermatology (AAD). Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Coordenadora do Programa Pró-Albino – Santa Casa de Misericórdia de São Paulo/SBD.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

8 formas simples de acabar com a flacidez em todo corpo

Flacidez na barriga, nos braços, no bumbum e até mesmo no rosto tem jeito! Saiba como acabar com a flacidez em todo corpo, apenas mudando seus hábitos.
Por Thamyris Fernandes
21/08/2018, 01h31
8 formas simples de acabar com a flacidez em todo corpo
Flacidez na pele, infelizmente, um dia chega para todo mundo. No entanto, existem formas de melhorar o aspecto da pele e prolongar a juventude da cutis apenas mudando e incrementando alguns hábitos a nossa rotina diária.

Claro que a idade e a genética fazem toda diferença na firmeza da pele, mas alguns tratamentos estéticos, bem como exercícios físicos, uma alimentação regrada podem fazer verdadeiros milagres quando o assunto é amenizar a pele flácida, as rugas, a celulite e até mesmo a estria.

Abaixo, na lista, separamos algumas dicas eficientíssimas contra a flacidez. Como você vai ver, uma complementa a outra nessa batalha e a cereja do bolo são as cápsulas milagrosas de colágeno hidrolisado, muito eficientes depois de certa idade.

Confira 8 formas simples de acabar com a flacidez em todo corpo:
1. Beba muita água

Leia também: Flacidez causas

Manter a hidratação do organismo é uma dica de ouro para conservar a elasticidade da pele por mais tempo. Isso porque a água renova as fibras de colágeno e melhor a circulação, impedindo o inchaço e a retenção de líquido.

2. Coma alimentos ricos em proteínas e colágeno

Carnes magras, ovos, grãos, leite e derivados e proteínas de forma geral são fundamentais para manter a musculatura em dia e ajudar a preencher a pele, evitando a flacidez.

Além disso, alimentos que são fonte de colágeno como tangerina, outras frutas cítricas, e uma série de outros que você já conferiu aqui, no Área de Mulher, também ajudam a deixar a pele firme e tonificada.

3. Praticar exercícios físicos

Manter-se em movimento é fundamental para enrijecer a musculatura. Para quem não sabe, as fibras musculares tonificadas e firmes são de grande ajuda na luta contra a flacidez da pele.

A prática de exercícios físicos também ajuda na queima de gordura, responsável por deixar certos locais do corpo molengas, como o abdome, os braços, as coxas e assim por diante.

4. Parar de fumar

O cigarro é horrível para a circulação sanguínea, além de contar com substâncias que aceleram o envelhecimento da pele. Logo, para de fumar é uma das medidas essenciais se você está preocupada com a flacidez da pele.

5. Manter o peso

Engordar e emagrecer, emagrecer e engordar. Essas idas e vindas da balança são apelidadas de efeito sanfona e fazem muito mal à pele quando o assunto é flacidez.

A alteração constante de peso, especialmente se for muito drástica, faz com que as fibras elásticas da pele se rompam, causando não só flacidez, mas também estrias. Por isso, ao emagrecer, é preciso manter os hábitos saudáveis e uma alimentação equilibrada para não ter oscilação de peso.

6. Usar cosméticos antiflacidez

Eles não fazem milagres, mas com a estimulação correta da pele e a aplicação diária nas áreas mais flácidas, esses cremes (normalmente à base de silício ou colágeno) ajudam a conseguir bons resultados. Nessa outra postagem do Área de Mulher você confere alguns para o rosto que funcionam e que não custam “os olhos da cara”.

E tem também cremes que podem ser preparados em casa, e que são muito eficientes, especialmente contra as rugas, como essa receita do famosa cirurgião plástico Ivo Pitanguy.

7. Fazer tratamentos estéticos

Fisioterapia dermato funcional, com aparelhos de radiofrequência, carboxiterapia ou crioterapia são ótimos exemplos de tratamentos estéticos contra a flacidez. Eles apresentam ótimos resultados, em pouco tempo, especialmente se casados com uma alimentação balanceada e a prática de exercícios.

Conforme especialistas, a radiofrequência ajuda na formação de novas fibras de colágeno, que confere sustentação à pele, além de contrair as fibras de colágeno que já existem. O resultado disso é excelente, especialmente em caso de flacidez abdominal, resultante de gravidez, por exemplo.

8. Renova 31

Agora, se você quer resultados em tempo recorde contra a flacidez do corpo todo, a dica é apostar em fórmulas poderosas a base de colágeno hidrolisado, especialmente se você já passou dos 40 anos.

O Renova31, por exemplo, é feito de colágeno que age direto na pele. Isso faz com que você tenha resultados mais rápidos, mais visíveis, e de mais qualidade, para que você possa sentir a felicidade que é ter uma pele mais firme e bonita já nos próximos meses!

O Renova 31 devolve a elasticidade do rosto, suaviza pés de galinha e o bigode chinês, reduz a flacidez na barriga, mesmo aquela resultante de gestações; a flacidez nos seios, assim como as celulites e as estrias, especialmente nas coxas e no bumbum.

A melhor parte de tudo é que leitoras do Área de Mulher podem comprar esse “elixir” da juventude da pele por esse link aqui, com um desconto especial.

O Renova 31 é um medicamento aprovado pela Anvisa e registrado. Ou seja, seus resultados são comprovados, assim como a segurança de seu consumo.

GUIA DEFINITIVO DA PELE SAUDÁVEL

Com tantos procedimentos estéticos, produtos de beleza e informação que temos acesso, pode ser confuso saber o que é melhor para a sua pele. Por isso é extremamente importante consultar uma dermatologista para entender suas necessidades e escolher o tratamento certo.

Fomos atrás de algumas dicas sobre o que fazer – e não fazer – para manter a pele saudável e ganhar aquele glow natural (que é o objetivo de todas, certo?). Desvendamos quatro truques que, com a ajuda dos produtos certos, serão aliados e tanto de uma cútis impecável e super hidratada:

guia – pele – saudavel – cuidado – skincare

Muitas vezes nós mesmas somos a causa de vários danos dermatológicos, como vermelhidão, sensibilidade e inflamações. Nossa pele precisa que sejamos mais gentis e cuidadosas, e isso significa equilíbrio. Peelings, retinols e esfoliantes não são problema, mas o uso exagerado deles sim, então na hora de fazer esses procedimentos em casa, vá com calma. Esfolie gentilmente e procure profissionais para que os tratamentos não destruam as células saudáveis da sua pele.

Leia também: Pele saudável

guia – pele – saudavel – skincare – cuidado
Acne é um sinal de pele inflamada, e inflamação não deve ser tratada de forma agressiva. É preciso acalmar a pele com antiinflamatórios e construir uma camada de proteção. Um bom regime para pele acneica é limpeza enzimática, hidratar com um sérum leve de ácido hialurônico e um hidratante suave. É necessário balancear os tratamentos para não acabar com a produção natural de óleos que a pele precisa.

Máscara Talika Bio Enzymes Mask Neck
Talika
3x de R$ 23,33
COMPRAR
Sérum Esqualano E Phyto-Retinol Biossance
Biossance
10x de R$ 38,90
COMPRAR
Gel Hidratante Peles Oleosas Dramatically Different
SALE
Clinique
R$ 209,00
R$ 177,65
COMPRAR
guia – pele – saudavel – skincare – cuidado
Adoramos novidades de skincare, mas nem sempre o novo lançamento é o mais apropriado para seu tipo de pele. E enquanto encontrar os produtos certos é altamente importante, você também deve pensar no seu ambiente. O clima e a poluição influenciam muito na pele, assim como as mudanças de estação. Dependendo de todos esses pontos, vale mudar os produtos, adicionar mais hidratação etc. E quando for viajar, pesquise sobre o clima do lugar para levar exatamente o que você precisa.

Loção Hidratante Triple Performing Spf 15
Benefit cosmetics
8x de R$ 22,00
COMPRAR
Óleo Hidratante Facial Blue Orchid
Clarins
10x de R$ 26,90
COMPRAR
Creme Hidratante Vinosource Sorbet
Caudalie
8x de R$ 22,38
COMPRAR
guia – pele – saudavel – skincare – cuidado
Massagem facial é a maneira mais fácil de iluminar a pele, e é mais fácil do que você imagina. Você pode ter o auxílio de escovas, dos massage rollers de pedras naturais que possui vários benefícios ou, na correria, usar os dedos. É só trabalhar as pontas dos dedos ou as juntas das mãos para cima e para fora do rosto, firmemente (mas não é para doer, viu?) e sem esquecer do pescoço. Isso estimula a produção de colágeno e fazendo diariamente pode fazer uma grande diferença.

Bichectomia: especialista explica o que é, quais os prós e os contras

Cirurgia que consiste na retirada de uma porção de tecido gorduroso das bochechas tem ganhado cada vez mais adeptos

Nos últimos anos, a bichectomia, que consiste na retirada de uma porção de tecido gorduroso das bochechas, por meio de uma pequena incisão realizada dentro da boca, tem ganhado mais e mais adeptos. Mas quais o pós e contras da cirurgia? O Jornal Opção entrevistou um especialista que conta tudo que você precisa saber.

Nome

De acordo com o médico Luís Felipe Maatz, cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a palavra faz referência à bola de Bichat, tecido gorduroso localizado nas bochechas e que foi batizado em homenagem ao anatomista francês Marie François Xavier Bichat, o primeiro a descrever tal estrutura).

Leia também: Bichectomia quanto custa

Médico Luís Felipe Maatz, cirurgião plástico – Foto – Divulgação

Pós-operatório

De acordo com o especialista, a recuperação costuma ser rápida. “Em geral, o paciente recebe alta no mesmo dia da cirurgia. O inchaço local dura cerca de uma semana, e é mais intenso nos três primeiros dias. O afastamento do trabalho é de 2 a 3 dias, desde que o inchaço não atrapalhe a rotina do paciente”, diz o especialista.

Segundo ele, nesse curto período inicial é necessário repouso relativo, alimentação mais pastosa e menos quente. Compressas frias no rosto ajudam a diminuir o inchaço e o s resultados começam a se tornar visíveis após os primeiros sete dias.

A questão é que só quando desinchar de vez que será possível ver o resultado definitivo, e isso pode levar algumas semanas.

Profissional

Somente um médico experiente (de preferência, um cirurgião plástico, e que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) poderá indicar o melhor tratamento para a queixa do paciente.

O rosto pode parecer largo, por exemplo, devido à hipertrofia do músculo masseter, que pode ser tratada com aplicação de toxina botulínica. Já o excesso de gordura abaixo do queixo (papada) pode conferir ao rosto um formato arredondado, o que pode ser resolvido com lipoaspiração desta região. No caso de flacidez de pele, pode ser necessário um lifting facial ou outros tratamentos para que haja melhora dos contornos da face. Ou seja, busque sempre orientações de um médico especialista e de confiança. Somente ele poderá indicar qual o melhor procedimento.

Quem pode fazer?

Segundo o cirurgião, a bichectomia é indicada para diminuir a proeminência da bochecha, melhorando o formato arredondado do rosto, realçando a região malar (maçã do rosto) e resultando em uma face mais magra e harmoniosa.

Riscos

Apesar de ser considerada uma técnica relativamente simples, a bichectomia é uma cirurgia delicada, pois a bola de Bichat fica localizada muito próxima a estruturas nobres da face: artérias, nervos e ducto salivar.

“Se o procedimento for realizado por mãos experientes, de preferência, por um cirurgião plástico de confiança, as complicações são raras. Se houver lesão de alguma dessas estruturas, será necessário um cirurgião plástico para a tentativa de reparação”, diz Luís Felipe.

Biotina: O que é e como ela age no cabelo?

Biotina é uma importante vitamina do complexo B, também conhecida como vitamina B7, vitamina H ou coenzima R. Essa substância é fundamental para o funcionamento das células do organismo humano e para os processos metabólicos de gorduras, carboidratos e proteínas, o que gera energia para o corpo. Outra função da biotina é produzir ácidos que agem a fim de manter os cabelos, a pele e as unhas saudáveis e fortes.

Neste post, você confere os benefícios da biotina e entende como ela age no seu cabelo!

[Ocultar]

1 Principais benefícios da biotina
2 Quais os benefícios oferecidos aos cabelos?
3 Como a biotina é absorvida pelo organismo?
4 A biotina está presente em quais alimentos?
Principais benefícios da biotina
Apesar de ter uma grande influência no funcionamento de todo o organismo, contribuindo para a perda de peso e ajudando no ganho de massa muscular, por exemplo, a biotina está diretamente relacionada às unhas, à pele e ao seu cabelo.

Quando se trata da pele, essa substância ajuda no metabolismo de macronutrientes, contribuindo para a hidratação. Já em relação às unhas e ao cabelo, a biotina está associada à produção de queratina, uma importante proteína presente em suas estruturas.

Leia também: Biotina

Quais os benefícios oferecidos aos cabelos?
Quando se trata dos cabelos, a biotina oferece diversos benefícios. Alguns deles são o fortalecimento e rejuvenescimento da estrutura e aparência dos fios, a diminuição da queda de cabelo, o estímulo a um crescimento saudável, a prevenção de cabelos brancos e a recuperação da espessura dos fios.

Apesar de a calvície ser uma disfunção de origem genética e a biotina não fazer o cabelo crescer, quem sofre com a alopecia androgenética também é beneficiado por essa vitamina, visto que ela atua no fortalecimento dos fios e inibe a queda.

Como a biotina é absorvida pelo organismo?
A biotina é uma vitamina hidrossolúvel, ou seja, é absorvida pelo intestino e transportada ao restante do organismo por meio da circulação sanguínea. Após esse processo, o excesso dessa substância é eliminado junto com a urina, e o corpo não é capaz de armazená-la. Diante disso, faz-se necessária a ingestão diária de biotina por meio da alimentação ou suplementação alimentar indicada por um médico especialista.

Por estar muito presente na alimentação, a deficiência de biotina é algo muito incomum, mas é importante prestar atenção aos sinais. Cabelos e unhas fracas, pele seca e com vermelhidão em volta do nariz e da boca podem ser indicativos de que os níveis de biotina no seu organismo estão desequilibrados.

A biotina está presente em quais alimentos?
Alguns dos alimentos que contêm biotina são: leite e seus derivados, gema do ovo, cebola, tomate, carne vermelha, amendoim, cenoura, alface, frutas, sementes, peixes, soja e espinafre.

Também é possível encontrar a vitamina em algumas farmácias, mas seu uso só deve ser feito com a indicação de um médico, afinal, uma alimentação balanceada é suficiente para fornecer a você todas as vitaminas e nutrientes de que precisa.

Além dos cuidados com a alimentação, é importante sempre realizar o acompanhamento com um especialista, principalmente se a sua queda de cabelo for persistente.

Na Clínica do Dr. Fabrício, você realiza o acompanhamento completo com uma equipe altamente especializada. Aqui você faz os melhores tratamentos para queda de cabelo e calvície, seja por meio de medicamentos, seja com um implante capilar. Faça a sua avaliação online e agende uma consulta!

Colágeno enrijecedor: 20 alimentos para reposição

O colágeno é a proteína em mais abundância no nosso corpo, chegando ao percentual de 25-35% da proteína total encontrado em músculos, ossos, pele, vasos sanguíneos, sistema digestivo e tendões e ajuda a dar à nossa pele força, elasticidade e substitui as células mortas.

Leia também: comprar Nutren Beauty

O colágeno é produzido por células chamadas fibroblastos que são renovadas constantemente. Se este equilíbrio é perturbado por qualquer motivo, seja stress ou falta de nutrientes, o resultado é a perda de colágeno.

O mesmo é feito a partir de dois aminoácidos (glicina e prolina), que são produzidos pelo corpo, mas também estão presentes em alimentos proteicos.

Veja também:

Temperatura corporal do idoso é diferente e requer atenção

20 Alimentos Ricos em Colágeno

1) Repolho
O repolho é um dos mais conhecidos. A presença de antioxidantes aumentam a hidratação e elasticidade da pele.

2) Feijão
Contém ácido hialurônico, que é uma substância antienvelhecimento. O ácido hialurônico aumenta a sua fabricação.

3) Cenoura
As cenouras são ricas em vitamina A, o que ajuda a aumentar a produção.

Leia também: Skin renov é bom

4) Sementes de linhaça
As sementes de linhaça são uma fonte surpreendente de ômega-3. Ao danificar as células da pele, a radiação UV produz mutações genéticas que podem levar ao câncer de pele.

5) Azeitonas
As azeitonas pretas ou verdes são ricas em enxofre que promovem a sua formação.

6) Limão
A presença de vitamina C em limões e laranjas ajuda a aumentar sua produção.

7) Gelatina
Quando se trata de fontes, você não encontrará nada melhor do que a gelatina para o colágeno, pois é basicamente a sua forma cozida.

8) Caldo de osso
O caldo de osso é feito por se ferver os ossos dos animais. Quando são fervidos, o colágeno é liberado para a água.

9) Ovos
Os ovos são muito ricos em aminoácidos, glicina e prolina, que são os principais componentes do colágeno.

10) Spirulina
Spirulina é um tipo de algas azul-verde usado como um suplemento. Além de conter muito ferro, uma única colher de chá de spirulina contém mais glicina e prolina do que uma grande clara de ovo. Também é uma fonte de cobre e o cobre é um dos minerais usados para formar colágeno.

11) Abacates
Os abacates são ricos em vitamina E, combatem os radicais livres e fornecem ômega-3, o que aumenta a produção.

12) Soja
Os alimentos contendo soja são boas opções para aumentar a produção de colágeno na pele.

13) Beterraba
Ao melhorar a saúde da pele, os antioxidantes, como os licopenos, revertem os efeitos do envelhecimento e a aparência da pele torna-se juvenil, por conter colágeno.

14) Bacalhau
O bacalhau possui ômega- 3 – reduz a inflamação no corpo e ajuda a formar colágeno.

15) Cebolas
Boas fontes de enxofre, mineral importante para a produção.

16) Pimentão vermelho
A vitamina C é importante para a formação de colágeno e está presente nos pimentões vermelhos.

17) Batata doce
Ao comer apenas uma batata doce assada, você pode ter vitamina A e manter sua pele e articulações saudáveis. A vitamina A incentiva a produção.

18) Tomates
Com alto teor de licopeno, um antioxidante, os tomates ajudam a proteger a pele e preservar os níveis.

19) Salmão
O salmão é uma excelente fonte de ômega-3, que alivia a inflamação e previne a quebra de colágeno.

20) Sementes de girassol
Sementes de girassol fornece vitamina E, útil na formação.

VARIZES E EXERCÍCIO FÍSICO

Existe uma grande percentagem da população mundial que sofre de varizes, percentagem que aumenta consideravelmente de acordo com alguns hábitos de vida pouco aconselháveis.
Estima-se que em Portugal cerca de 25% da população sofra de doença venosa crônica. Devido à componente hormonal e à gravidez, as mulheres sofrem mais deste problema.

O que são varizes?

As varizes são veias dilatadas e tortuosas e facilmente identificáveis por se localizarem debaixo da pele. As varizes estão englobadas na denominação Doença Venosa Crónica (DVC). Resultam do mau funcionamento das válvulas que existem nas veias, cuja função é impedir que o sangue flua para baixo e permitir o retorno do sangue ao coração.

Quais são as causas das varizes?

Existem diversas causas para o aparecimento de varizes. Uma delas é fraqueza congênita ou predisposição genética das paredes das veias, que as torna facilmente dilatáveis pela pressão natural do sangue. A exposição ao calor, o sedentarismo, permanecer muito tempo de pé e o excesso de peso são outros fatores que podem favorecer o aparecimento de varizes. O próprio processo de envelhecimento é um fator de agravamento deste problema.

Como se diagnosticam as varizes?

O médico pode detetar as varizes através da observação clínica e, para determinar o seu estádio, pode realizar-se um doppler ou eco doppler, permitindo avaliar o fluxo de sangue superficial e profundo, são exames não dolorosos nem invasivos que devem ser efetuados por um especialista.

Principais sintomas?

A dor é a principal queixa, que se pode manifestar através da sensação de pernas pesadas e cansadas, cãibras, dormência e comichão. Pode ainda verificar-se inchaço, sobretudo nos tornozelos e pés, que se intensifica ao final do dia ou quando ocorre uma exposição prolongada ao calor.

As varizes podem ser graves?

Quando surgem alterações na cor e consistência da pele e esta se torna acastanhada, descamativa e endurecida, estes podem ser os sinais precursores de uma úlcera varicosa, situação clínica incapacitante, de difícil tratamento, e com impacto significativo na imagem e autoestima.

Como podemos prevenir a Doença Venosa Crônica?

• Hidrate o corpo diariamente;
• Não use calças de ganga muito justas, ligas, cintas, meias que sejam muito apertadas na zona do tornozelo ou botas apertadas;
• Não esteja muito tempo de pé, parado/a.Caminhe um pouco ou ponha-se em bicos de pés várias vezes; (este movimento permite bombear o sangue de volta ao coração – retorno venoso).
• Evite estar muito tempo sentado e com as pernas cruzadas, especialmente se as cadeiras tiverem um rebordo duro. Movimente as pernas regularmente;
• Não tome banho com água muito quente;
• Evite o excesso de peso, o tabaco e as bebidas alcoólicas;
• Evite a exposição prolongada ao calor. Na praia, tente caminhar à beira-mar;
• Nos dias mais quentes, massaje as pernas com água fria utilizando o chuveiro, de baixo para cima, durante cerca de 2 minutos;
• Consulte um especialista em Cirurgia Vascular se tiver algum destes sintomas: dor, sensação de pernas pesadas e cansadas, cãibras, dormência, comichão ou inchaço que se agrava ao final do dia ou quando ocorre uma exposição prolongada ao calor.

Leia também: Varicell funciona

O exercício pode ajudar na prevenção e/ou tratamento?

Ainda que exista na maior parte das vezes uma predisposição genética, melhorar a sua circulação e tonificar os seus músculos reduzirá o risco de desenvolvê-las:

Recomendamos por isso:

• Prática regular de exercício físico moderado
• Exercícios de baixo impacto
• Exercícios sem uso excessivo de peso nos membros inferiores
• Caminhadas
• Natação
• Ciclismo (que fortalece a bomba venosa nos membros inferiores e favorece o retorno venoso ao coração)
• Utilização da Power Plate (que promove o retorno venoso e drenagem linfática, reduzindo desta forma a sensação de pernas cansadas e de inchaço nas zonas dos tornozelos e dos pés).

Venha aconselhar-se conosco!

Cremes para flacidez: Causas da flacidez, melhores ativos e cremes, como aplicar

Quando a pele fica flácida é sinal de falta de fibras de sustentação ou de desorganização das mesmas, além da possível falta das proteínas essenciais colágeno e elastina. E essa pele flácida fica mais mole, mais caída, mais frágil e incomoda diretamente na autoestima das pessoas. Mas calma que tratamentos para isso não faltam, e um deles é o uso de cremes para flacidez. Vem saber mais!

Motivos para pele flácida:
Envelhecimento, pois com o passar do tempo passamos a produzir menos proteínas que sustentam a pele e dão vigor aos tecidos;
Cigarro e bebidas alcóolicas, pois seus efeitos nocivos atacam diretamente a saúde e elasticidade da pele; além disso, fumar demais causa movimentos repetitivos na face e gera marcas de expressão com mais facilidade;
Exposição prolongada ao sol, pois os raios ultravioletas possuem efeito negativo sobre o colágeno, podendo ocorrer a quebra dessa proteína na pele;
Alterações hormonais, principalmente quando relacionados à obesidade, adolescência ou gravidez;
Mudanças bruscas de peso, principalmente quando ocorre o efeito sanfona em razão de engordar e logo depois emagrecer, e vice-versa.
Os melhores ativos de cremes para flacidez
Os melhores cremes para flacidez são aqueles que contém a substância DMAE, ou dimetilaminoetanol. Ele é um importante antioxidantes que atua na membrana plasmática celular, de modo a combater de forma eficaz a flacidez e também melhorando a saúde externa da pele, com resultados imediatos e também duradouros.

Cremes com DMAE ajudam a aumentar a produção de colágeno e, quando absorvidos corretamente, atuam diretamente no músculo sob a pele, aumentando o tônus com efeito tensor, melhorando a aparência. Não possui efeito milagroso e sim progressivo, com efeitos que podem ser vistos claramente após 30 a 60 dias de uso. Outros ativos importantes na produção de colágeno são triac, retinol, cafeína, elastina, silício, tensine, ácido glicólico, kigeline e hialuronidase, além de manteiga de karité.

Como aplicar cremes para flacidez?
Esses cremes não devem ser aplicados no rosto de modo uniforme, e sim respeitando as áreas dos músculos faciais e sempre no sentido de elevação da pele, não de pressão para baixo. Siga as instruções de cada produto descritas nas próprias embalagens e siga as orientações abaixo:

Na testa, passe no sentido para cima partindo do centro da área;
No nariz, sempre da pontinha para cima, rumo à testa;
Nas maçãs do rosto, sempre do meio das bochechas às laterais do rosto;
No buço, sempre do meio para fora;
No queixo, sempre da pontinha rumo às laterais e contornos da mandíbula.
Nas outras partes do corpo, utilize os cremes cerca de 2 vezes por dia; sempre massageando a área flácida no sentido oposto à “caída”, ou seja, sempre puxando para cima; massageie por alguns minutos até a pele absorver bem o produto e a pele ficar aquecida.

Os melhores cremes para flacidez
Mesmo sendo a forma mais lenta de tratar o problema de flacidez na pele, usar cremes regularmente e de forma progressiva pode trazer excelentes resultados!

Cremes com efeito instantâneo, ideal para ida a festas e casamentos, por exemplo: A maioria contém rafermine, argireline e tensine;

Leia também: comprar Creme firmador

Tratamento de flacidez no corpo (braços, barriga, coxas, etc.): Além dos ativos estimulantes de colágeno, é ideal ter ácido hialurônico para a pele ficar hidratada e vitamina C ou resveratrol para agir contra antioxidantes e prevenir do envelhecimento.
Tratamento de flacidez para rosto e pescoço: Pode conter as mesmas propriedades dos cremes para o corpo, porém são menos abrasivos para respeitar a sensibilidade da pele do rosto.
Top 2 Cremes para Flacidez vendidos Exclusivamente pela internet:
Top 1: Cell Repair

Cell Repair tem uma formulá exclusiva onde através de um soro suave e com absorção rápida, estimula a pele produzir colágeno o que retarda o envelhecimento da pele, reduz rugas e marcas de expressão. Cell Repair é vendido exclusivamente pela internet através do seu site oficial. Se você quer saber mais sobre o produto, confira uma matéria completa (clique aqui).

Top 2: Lift Gold

Já o Lift Gold é composto do famoso sérum facial multifuncional, onde o seu diferencial é uma hidratação profunda da pele e um efeito instantâneo. Por ter esse efeito instantâneo que dura algumas horas, o Lift Gold, virou o queridinho das famosas. Procure no youtube e você vai se assustar com o tanto de vídeo de blogueiras e famosas que estão utilizando.

O produto é vendido apenas através do seu site oficial, se você tem interesse em conhecer melhor, clique no botão abaixo ou acesse www.liftgold.com.br

Outros encontrados em farmácias:

Neovadiol Gf Noite Vichy;
Retises CT Creme Hidratante Antienvelhecimento;
Creme Firmador Facial Bel Col;
Lierac Liftissime Gel-Creme para Pescoço;
Substiane UV La Roche Posay;
Creme anti-idade Avène Sèrènage;
Sisley Creme Pour Le Cou para Pescoço;
Melitina Creme Facial;
Roc Pro-Define Creme;
Dove Deo Firmador Intense;
Loção Hidratante Firmador Nivea;
Creme Corporal Nutralift ADCOS;
Cicatricure Creme Corporal;
Gel Corporal Bio-Médicin;
Creme Valmari Slim Sculpt
Cuidados com cremes para flacidez
Os melhores cremes para flacidez possuem ativos intensos que atuam na pele, portanto tenha certeza de que você não tem alergia a algum componente presente na fórmula. Isso você pode ver com seu médico para não ter erro! Ele também vai te ajudar a escolher qual o melhor creme ou loção para seu caso.

Leia também: Skin renov bula

Além do uso de cremes, você também pode cuidar da sua flacidez através de uma boa alimentação e prática de exercícios físicos, assim você cuida do problema atual e evita que mais áreas sejam afetadas novamente por flacidez. Cuide-se.

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE OS DIFERENTES TIPOS DE COLÁGENO

O colágeno é sem dúvida um dos ingredientes mais buzziest no mundo do bem-estar agora. Alguns juram por seus benefícios de beleza : o poder de suavizar a pele, fortalecer as unhas e tornar o cabelo mais brilhante. Outros estão nisso para os benefícios de saúde intestinal. (A proteína suaviza o intestino de forma semelhante à suavização da pele, o que pode melhorar a digestão.) Até agora, é indiscutível que o colágeno é bom para você.Mas conseguir uma ajuda extra pode ser confuso. Você deve comprar colágeno marinho ou um derivado de osso e pele de animais? Qual é a diferença entre os tipos 1, 2 e 3 – algo que muitas marcas de suplementos divulgam na etiqueta? E WTF é colágeno hidrolisado?
Para ajudar a esclarecer as coisas, liguei para Nick Bitz, MD, um médico naturopata licenciado e certificado em colágeno e especialista em colágeno. (Divulgação completa, a marca de suplementos Youtheory chamou -o para ser seu diretor científico). O histórico do Dr. Bitz em medicina botânica e suplementos nutricionais fez dele o cara que eu precisava para responder a todas as confusas questões de colágeno. Aqui, ele explica os diferentes tipos e oferece seu melhor conselho para comprar colágeno que é realmente bom para você.

Leia também: o que é Colágeno tipo 3 e 1

Continue lendo para tudo que você precisa saber sobre os diferentes tipos de colágeno.
Escolher uma fonte de colágeno pode parecer um pouco como pedir um jantar em um casamento: Você quer frango ou peixe? No final, o debate entre animais e marinhos não importa tanto quanto você imagina. “Colágeno é colágeno é colágeno”, diz o Dr. Bitz. “É sempre a mesma proteína, independentemente da fonte. Neste momento, não há um que seja preferível para consumo humano. ”Em outras palavras, tomar um pouco de caldo de osso e comer bacalhau para o jantar, ambos vão entregar os benefícios. Eis o porquê: segundo o Dr. Bitz, o colágeno é uma proteína de hélice tripla, que na linguagem não-científica significa que consiste de três filamentos enrolados juntos para criar uma molécula forte. É uma proteína grande e complexa. Embora a proporção e a concentração de aminoácidos possam variar de fonte para fonte, estruturalmente, o colágeno é o mesmo vindo de uma vaca, galinha ou peixe.

Leia também: Skin renov reclame aqui

O baixo para baixo no colágeno hidrolisado
Se você começou a procurar suplementos de colágeno, pode começar a ouvir marcas lançadas em torno do sofisticado descritor “hidrolisado”. “Isso significa que as enzimas frias foram adicionadas à proteína para quebrá-la”, diz o Dr. Bitz. Ele explica que os cientistas começaram a fazer isso porque tornou o suplemento mais fácil de absorver do que o colágeno ingerido através dos alimentos. (Novamente, o colágeno é uma grande proteína.)

“Colágeno hidrolisado realmente é apenas uma forma mais processada de colágeno”, diz o Dr. Bitz. Quanto mais quebrada a proteína, mais fácil é para o seu corpo digerir e usar. Então, se você quiser começar a usar colágeno medicinalmente, você pode querer considerar um suplemento.

Truques de marketing para estar atento no colágeno.
Enquanto o colágeno hidrolisado é um termo legítimo – e benéfico – para procurar em rótulos de suplementos, o Dr. Bitz diz que há outros que são mais usados ​​para enganar o consumidor do que qualquer outra coisa. “Você verá coisas como ‘Tipo 1 e 3’ ou ‘Tipo 2’ no rótulo, mas honestamente é apenas uma jogada de marketing”, diz ele. Sem sombra de dúvidas o melhor colágeno hidrolisado é o Renova31.

Leia também: o que é Colágeno tipo 3 e 1

Embora existam 28 tipos diferentes de colágeno – diferenciados por onde no corpo é originado e sua estrutura de aminoácidos – o Dr. Bitz explica que todos ainda são a mesma proteína. “Quando você ingerir colágeno, você está reconstruindo todo o seu próprio colágeno no corpo, não apenas o tipo 1 ou 3, mas todo tipo”, explica ele.

Quanto ao que procurar, seu melhor conselho é descobrir de onde vem o colágeno. Se é na China, os compradores devem ficar atentos: “O colágeno proveniente da China é realmente barato e não atende aos padrões de qualidade mais alta”, diz ele.

Atualmente, não há fonte de colágeno vegano – embora o Dr. Bitz diga que os cientistas estão pesquisando para encontrar uma planta que seja estruturalmente similar. (Uma pista surpreendente: folhas de tabaco .) “Uma coisa que todo mundo pode fazer é consumir chá verde”, diz ele. “É conhecido por ajudar a estimular a produção e impedir a sua quebra.” (Se você não é vegan, este pó de colágeno matcha pode ser o seu novo produto favorito.) Já existe colágeno em seu corpo fazendo um trabalho incrível. A chave é mantê-lo estimulado para que ele possa continuar fazendo seu trabalho.

Colágeno Hidrolisado ajuda Perder Peso? Quais são os Benefícios? Para que serve?

Muitas pessoas que buscam alternativas no campo da saúde já se depararam com o colágeno hidrolisado, e é natural que surjam dúvidas sobre o que é e se realmente funciona.

Ele pode ser um reforço para a saúde e também se utilizado para fins estéticos. O grande sucesso do colágeno hidrolisado não é sem motivos.

Muitos produtos encontrados no mercado possuem esta substância. Mas quais são os verdadeiros benefícios do melhor colágeno hidrolisado.

É sobre isto que trataremos neste artigo. Tudo o que é necessário saber sobre colágeno hidrolisado, suas funções e até onde se pode comprar por um ótimo preço.

O que é Colágeno Hidrolisado

Leia também: Skin renov funciona

O colágeno hidrolisado é produzido a partir do colágeno encontrado nos ossos, na pele e no tecido conjuntivo de animais.

O processo de hidrólise é feito com este material. Ele consiste em quebrar as ligações moleculares entre colágenos individuais e peptídeos usando combinações de meio físicos, químicos ou biológicos.

Eles são geralmente colocados em uma pasta de lima por três meses, o que permite que estas ligações de colágeno se percam.

O colágeno depois é extraído em água fervente, e o substrato é passado por evaporadores, depois seco, e por fim pulverizado.

Pode-se então dizer que o colágeno hidrolisado é praticamente composto por minúsculas cadeias de aminoácidos.

A palavra “colágeno” deriva das palavras gregas “Kolla” (cola) e “Genno” (produção) e é na verdade uma generalização de 27 isoformas de proteínas encontradas no corpo.

Hoje em dia, este processo é bastante complexo e repleto de etapas. Mas o colágeno hidrolisado é consumido desde a Idade Média.

Existe um texto, escrito por S. Hildegard, que relata que comer “caldo de cartilagem bovina” (que devia ser basicamente um caldo de mocotó) tinha melhorado as condições de suas articulações, inclusive reduzindo a dor.

Por isso, graças a ser um alimento seguro e que possui uma vasta biodisponibilidade, ele é cada vez mais consumido.

A hidrólise a qual ele é submetido tão somente permite que este colágeno nativo, insolúvel e não digerível o transforme em um suplemento altamente solúvel e perfeitamente digerível pelo corpo humano.

Para que serve o Colágeno Hidrolisado

Basicamente, podemos dizer que o colágeno hidrolisado serve para repor quando esta proteína começa a se apresentar em menor concentração no corpo.

Quando se começa a perceber certos fatores, como:

Diminuição progressiva da espessura dos fios de cabelo;
Quando se observa que a pele perde a elasticidade natural, apresentando certo nível de flacidez;
Quando, no rosto, começa a surgir diversas rugas e marcas de expressão;
Quando a pele em geral começa a demonstrar sinais de desidratação e ocorre a presença de estrias;
Os ossos começa a perder a densidade, decorrente de problemas que vem com a idade;
E, ligado também a isso, um progressivo enfraquecimento dos ligamentos e das articulações.
É claro, não somente com o passar dos anos que estes problemas podem vir a ocorrer. Algumas doenças degenerativas também podem levar o indivíduo a ter estas características.

A colagenose abrange um grupo dessas doenças, que inclui: Lupus; Esclerodermia; Síndrome de Sjögren e Dermatomiosite.

Leia também:
Colágeno: o que é, para que serve, benefícios, função, onde encontrar

REVIEW – Colágeno_Hidrolisado Growth Supplements

GH para Perda de Peso (benefícios e cuidados)

Whey Protein para Emagrecer: whey pode ser utilizado para esse objetivo?

Em suma, a falta de colágeno, com o tempo leva os músculos ficarem flácidos e, como vimos, os ligamentos acabam sendo fragilizados e perdendo força motora.

Esta perda de colágeno começa a ocorrer a partir dos 30 anos, quando o corpo começa a diminuir proem cerca de 1% de proteína ao ano. Dos 50 anos em diante a queda é bem maior.

A produção de colágeno nesta idade cai para cerca de 35%, por isso que o colágeno hidrolisado é uma boa solução para repor estes níveis.

Não há dúvidas que prevenir essa redução com o Colágeno_Hidrolisado da Growth Supplements é de grande valia para manter a saúde em dia.

Benefícios do Colágeno Hidrolisado

Os benefícios do colágeno hidrolisados são bem conhecidos dentro do meio científico.

Geralmente ele está relacionado à saúde da pele e voltado para fins estéticos. Mas ele também ajuda significativamente na reconstrução de tecidos.

Alguns dos benefícios mais comuns do colágeno hidrolisado são:

Ele pode prevenir o aparecimento de celulite;
Ele fortalece o cabelo e as unhas, deixando eles com um aspecto melhor e mais saudável;
Ele previne e diminui a ocorrência de estrias, marcas de expressão e rugas;
Ele melhora a tonalidade, a composição e a tonalidade da pele, deixando-a com ima aparência mais saudável;
Ele auxilia na reconstrução de juntas e artérias;
Ele age na reconstrução e preservação dos tecidos dos órgãos;
Ele auxilia na perda de peso, promovendo uma queima maior de gorduras, ao invés de proteínas;
Ele pode ajudar a combater problemas degenerativos ligados à idade, principalmente no que se refere à articulações e ossos, como osteoporose;
Favorece um maior potencial na absorção dos aminoácidos;
Pode atuar na redução de dor, principalmente no quadril e no joelho, e uma maior proteção da cartilagem;
Previne o surgimento de úlceras gástricas;
Também ajuda a combater a pressão sanguínea alta e problemas autoimunes.
Pode-se ressaltar também que ele é uma ótima forma de consumir proteínas. Ainda existem estudos incipientes que sugerem que ele pode auxiliar na recuperação do controle da bexiga.

Constata-se que o potencial terapêutico do colágeno hidrolisado é alto e ele não possui contraindicações diretas.

As únicas contraindicações são com relação aos produtos no quais ele é encontrado, que podem ter altos níveis de açúcar, por exemplo.

Colágeno tipo 3 e 1

São geralmente peptídeos de colágenos em pó, que podem ser enriquecidos com outras substâncias como:

Zinco;
Vitamina C;
Selênio.
Ele traz os benefícios que apontamos acima. Lembrando que ele é absorvido facilmente pelo organismo.

Não custa lembrar que, mesmo sendo um produto natural, não quer dizer que não seja necessário procurar um médico para tomar com segurança.

Por isso a orientação médica é sempre recomendada. A automedicação nunca é uma boa ideia.

Importante também ressaltar que o colágeno hidrolisado natural deve ser consumido com bastante água. Ele tem a função principal de estimular a produção de colágeno do corpo

O colágeno hidrolisado natural é interessante, pois é uma forma mais orgânica de conseguir extrair o colágeno.

Diferença entre Colágeno e Colágeno Hidrolisado

Existem diferenças entre os tipos de colágenos que encontramos no mercado. É bom esclarecer para termos plena consciência do que estamos consumindo.

Podemos dividi-los em duas categorias:

Colágeno tipo 1, ou o colágeno hidrolisado;
Colágeno tipo 2.
O colágeno hidrolisado nós já discutimos até aqui. Falta esclarecer a sua diferença para o colágeno tipo 2.

Este colágeno, também conhecido como colágeno não desnaturado, é o principal componente encontrado nas cartilagens.

Para sua fabricação, ele passa por um processo não enzimático, de forma a não hidrolisar as moléculas, garantindo assim um composto mais íntegro.

Ele é indicado principalmente para os casos de:

Artrite reumatoide;
Osteoartrite de origem autoimune;
Degeneração das articulações.
O colágeno tipo 2 ajuda o corpo a repor o colágeno perdido, evitando que as cartilagens sejam destruídas pelo sistema imune.

Ele deve ser consumido em uma quantidade menor que o colágeno hidrolisado. Isto porque a hidrólise permite que o colágeno seja absorvido de uma forma melhor pelo organismo.

Como Tomar Colágeno Hidrolisado

O colágeno hidrolisado geralmente é encontrado em cápsulas em pó, e pode ser misturada com:

Leite;
Chá;
Suco de frutas.
Preferencialmente junto com as refeições. Sempre com a recomendação do seu médico ou nutricionista.

A quantidade recomendada é de cerca de 10 gramas por dia. A ingestão do colágeno junto com sucos que possuem vitamina C melhora bastante a eficiência. O tratamento pode ser feito em um período de 9 meses.

Se ele vier em forma de pó, recomenda-se diluir em algum suco ou mesmo em água, sempre na quantidade indicada.

Existem diversas dúvidas relativas ao consumo de colágeno hidrolisado, e por isso vamos responder as perguntas mais comuns que geralmente são feitas com relação a este produto.

Perguntas e Respostas

Colágeno Hidrolisado Engorda?
Não é correto afirmar que o colágeno hidrolisado engorda, pois ele não possui um número relevante de calorias.

Tampouco ele não provoca nenhum efeito como aumento de apetite e uma maior retenção de líquidos.

Por isso no caso de houver um ganho de peso ao consumir colágeno hidrolisado, deve-se procurar um médico para saber as verdadeiras causas disto.

O Colágeno Hidrolisado emagrece?
Segundo o site Nutrition Advisor, um tratamento à base de colágeno hidrolisado conseguiu proporcionar uma perda de peso em um grupo de estudo.

Isso porque o produto também está relacionado com o crescimento da massa magra, ou seja, o aumento de músculos no corpo.

E claro que quanto mais músculos a pessoa tiver, mais gordura será queimada do corpo.

Mas ainda, os estudos nesta área se demonstram inconclusivos. E mesmo se eles facilitarem o aumento da massa magra, isso só é possível através de uma prática regular de exercícios.

O que ele pode realmente auxiliar é no controle da saciedade. Como ele é basicamente composto de proteínas, o consumo de colágeno hidrolisado pode fazer que o corpo se sinta saciado.
Novamente, isto só pode ter um maior auxílio na perda de peso aliado a uma rotina fixa de exercícios.

Qual é o melhor Colágeno hidrolisado?
Como dito, ele pode ser encontrado em pó ou em cápsula. O melhor é aquele que você consegue com amis facilidade integrar na sua rotina.

E, claro, consumir produtos de empresas respeitáveis faz toda diferença. Na hora de escolher seu colágeno hidrolisado, priorize sempre a qualidade.

Onde comprar Colágeno Hidrolisado?
Para você comprar um Colágeno_Hidrolisado de altíssima qualidade, com um ótimo preço, recomendamos a Growth Supplements.

A Growth Suplements está vendendo um pote de colágeno hidrolisado de 150 gramas por um preço super justo, sendo que se comprar à vista você ganha 10% de desconto.

Lembrando que a Growth Supplements é uma das maiores lojas virtuais e referência na venda de suplementos do Brasil.

Com um nutricionista online para tirar todas as suas dúvidas e com frete grátis, a Growth Supplements traz o suplemento que você precisa, e o melhor Colágeno_Hidrolisado do mercado. Para conhecer o produto clique aqui!

Este post foi produzido para ser compartilhado, por isso sinta-se à vontade para fazê-lo, igualmente envie-nos sua opinião e perguntas sobre o tema.

Conheça também: Beauty Skin