Calistenia, a rotina de moda que transforma o corpo sem passar por uma academia

Os principais exercícios do novo treinamento e seus benefícios
18 de setembro de 2017

O mundo da aptidão está cheio de métodos que prometem esculpir os músculos do corpo. Na verdade, a maioria não mente, apenas que precisamos ir a um ginásio e levá-lo com perseverança.

Caliestine é um método de treinamento que busca aumentar a massa muscular, a flexibilidade e a força usando objetos e estruturas que podemos encontrar na rua, em casa ou em qualquer lugar. A máxima desta disciplina é “o mundo é o seu ginásio”. Isso faz com que seja provavelmente a maneira mais barata de exercitar e construir músculos.

Na calistenia não use pesos de nenhum tipo, apenas o nosso próprio peso corporal. Por esse motivo, pode ser praticado por qualquer pessoa, em qualquer lugar e a qualquer momento. Certamente você já fez mais de um exercício de calistenia sem saber que era.

Constança

O exemplo mais famoso de exercícios calistênicos e aquele que mais teme. Eles podem ser feitos de várias maneiras, com as mãos mais ou menos separadas, as palmas das mãos olhando para nós ou para o lado de fora. O mais importante é fazê-los com as costas retas e passar o queixo sobre a barra.

A teoria é bem simples. Colocamos nossas mãos logo abaixo dos nossos ombros. Com as costas completamente retas, devemos abaixar e levantar quantas vezes pudermos. Se nos custar, podemos começar por descer devagar. Pouco a pouco, teremos a força necessária para subir e descer.

Mais uma vez, é mais importante fazê-lo bem, do que fazê-lo muitas vezes. Com este exercício, trabalharemos os peitorais, o tríceps e o deltóide anterior.

Abdominais

Os abdominais permitem uma ampla variedade de maneiras de realizá-los. Recomendamos o chamado toque russo por ser o mais completo. Nós apenas temos que estar em equilíbrio na cauda e mover o tronco de um lado para o outro. Se quisermos acrescentar um exercício extra, podemos levantar algum peso (uma garrafa de água pode servir) e vamos movê-lo de um lado para o outro.

misturar 5411 calistine (11)
Ferros

Este exercício é muito simples em teoria, mas bastante complicado na prática. Colocamos os cotovelos em linha reta com o ombro. Apoiamos as pontas dos pés e temos que aguentar o corpo reto o maior tempo possível.

É muito importante não dobrar as costas ou abaixar-se. Pouco a pouco, seremos capazes de suportar mais e mais tempo.

Agachamento

O agachamento também é um exercício interessante. Bem executados, eles nos ajudarão a fortalecer nossos glúteos e voltar de uma maneira formidável. Colocamos os pés separados alinhados com os ombros, estendemos os braços. Subimos e descemos com as costas o mais retas possível. Você tem que descer até a coxa ficar completamente paralela ao chão. Se formos capazes, podemos segurar aqui alguns segundos antes do próximo agachamento.

Leia também: Transtorno bipolar saiba o que é sintomas e tratamentos

Vantagens e benefícios da ginástica calistênica

Realizar exercícios de maneira controlada é sempre saudável. A calistenia oferece benefícios substanciais. Se você não tem um bar próximo para certos exercícios, você pode usar qualquer outro tipo de estrutura, barras de metal, tubos.

Não apenas desenvolva força física. Muitos dos calistênicos trabalham em equilíbrio, agilidade e coordenação de movimentos.

Os exercícios calistênicos fortalecem os músculos na mesma velocidade dos ligamentos, dificultando as lesões. Com exercícios com pesos, este não é o caso.

Fonte: https://www.valpopular.com/transtorno-bipolar-saiba-o-que-e-sintomas-e-tratamentos/

22 dicas para ajudar você a levar o estilo de vida saudável que seu corpo merece

Marnix Buijs
Marnix Buijs é um blogueiro em seu próprio blog seekingme.net, onde ele ajuda as pessoas a encontrarem o seu verdadeiro eu através do autodesenvolvimento e propagação do amor. Leia o perfil completo

Compartilhar
Fixá-lo
Tweet
Compartilhar
O email
Você sonha em viver o estilo de vida saudável depois de ver uma foto de uma pessoa em forma nas redes sociais?

O que você pode não saber é que não é tão difícil quanto você pensa em viver um estilo de vida saudável se souber o que fazer.

Você encontrará 22 dicas práticas neste artigo que ajudarão você a viver o estilo de vida saudável que você deseja!

1. Beba mais água
Isso é óbvio, mas realmente é o básico,

Segundo a pesquisa: você deve beber 3,01 L por dia como macho e 2,21 L por dia como fêmea. [1] Esse número exato deve ser considerado tão leve quanto algumas pessoas podem precisar mais devido à quantidade de perda de água através da atividade, temperatura ambiente e outros fatores.

Seu corpo é composto por cerca de 60% de água. Isso por si só prova a importância da hidratação ao longo do dia.

Tente consumir pelo menos 0,5 L à direita quando você acordar para viver um estilo de vida saudável, porque neste momento seu corpo está desidratado. Em seguida, planeje estrategicamente beber o suficiente durante o resto do dia com temporizadores ou um aplicativo para ajudar você a beber mais água.

Outra dica: leve uma garrafa cheia de água com você em todos os lugares para facilitar o estilo de vida saudável.

2. Lave as mãos
Todos sabemos que é bom lavar as mãos depois de ir ao banheiro, antes de comer, etc, mas apenas 12% das pessoas lavam as mãos antes de comer! [2]

Você provavelmente não é um deles!

Lavar as mãos é fundamental nas seguintes ocasiões:

Antes, durante e depois de preparar comida
Antes de comer
Depois de usar o banheiro
Depois de tocar em qualquer coisa suja (animais, lixo, pessoas doentes)
Aqui estão alguns passos simples que você pode ter perdido quando lava as mãos:

Os benefícios de lavar as mãos são:

Prevenção de infecções nos olhos
Reduzindo a chance de diarréia e problemas intestinais
Menos bactérias = menos chance de qualquer infecção ou doença
3. Floss seus dentes
O uso do fio dental ajuda a remover restos de comida e bactérias para onde o pincel não consegue chegar. Isso impede que as bactérias transformem seus dentes em um canário amarelo, o que eventualmente leva a dentes danificados ao longo do tempo.

Nós todos sabemos que você deve escovar os dentes duas vezes por dia, mas quantas vezes devemos passar o fio dental por dia?

De acordo com a equipe do Water Tower Dental Care, o uso do fio dental uma vez ao dia é mais do que suficiente para afastar essas bactérias à medida que elas formam uma praga após 24 horas. [3]

4. Crie uma rotina de sono saudável para você
Há tantas pessoas bem-sucedidas que vivem de 3 a 5 horas de sono por noite [4], mas Mariah Carey diz que precisa de 15 horas de sono por dia. [5]

Agora a pergunta é: ‘Quanto sono você precisa?’

Ninguém sabe, então você deve experimentar isso. Planeje seu sono e registre como você se sente depois de acordar. Encontre o seu ponto ideal.

Você não precisa nem seguir um horário de sono monofásico (conhecido como dormir em 1 go). Você pode tentar horários de dormir polifásicos como o Ciclo do Sono de Uberman ou simplesmente fazer uma sesta (1 a 1,5 horas de sono) à tarde.

Comece a experiência agora!

5. Acompanhe um dia inteiro de comer
Acompanhar a ingestão de alimentos por apenas um dia pode mudar tudo. Usando um aplicativo como o MyFitnessPal mostra o que você comeu e todas as calorias e nutrientes desses alimentos.

Uma regra: siga literalmente tudo.

Quando você rastreou um dia típico de comer; você vai ver o que você costuma comer, até mesmo os biscoitos que você entrou à noite.

Consciência do fato de que você está comendo pode subconscientemente mudar seus hábitos alimentares pouco saudáveis ​​em hábitos alimentares saudáveis.

A próxima vez que você almeja uma barra de chocolate, a opção de comer um pedaço de fruta passa pela sua cabeça.

Você vai treinar o seu estilo de vida saudável disciplina reserva quanto mais você escolhe algo para apoiar seu estilo de vida saudável sobre algo insalubre.

A próxima vez que você almeja uma refeição insalubre; coma um lanche saudável e veja como se sente em relação a si mesmo:

15 lanches saudáveis ​​que você deve sempre ter em casa

6. Faça exercício divertido
O exercício não deve ser uma obrigação; Isto devia ser divertido!

Você pode fazer do exercício uma parte da sua rotina diária, aplicando ajustes simples à sua vida:

Caminhe para o trabalho em vez de ir para o trabalho (não entre no trabalho até tarde!)
Em vez de assistir TV, passear com o cachorro ou dar um passeio com um ente querido.
Use uma mesa de pé / esteira em vez de uma mesa normal.
Nota: Consulte um técnico ou médico profissional se quiser treinar como um atleta hardcore.

Leia também: Cromofina funciona

7. Sente-se menos
O tempo sentado aumenta as chances de morrer. Em um estudo; eles descobriram que as pessoas que se sentam mais (inativas) têm uma chance maior de morrer do que as que se sentam menos (ativas). [6]

Se você se exercita, mas sente muito, ainda não é saudável.

Então saia dessa cadeira e se movimente. Defina um temporizador para 25 minutos e certifique-se de andar por 5 minutos.

É simples; minimize o tempo que você gasta sentado. Veja como:

Fonte: https://www.valpopular.com/cromofina-funciona/

Como posso perder peso com segurança?

Encontrando um peso saudável
Ser saudável é realmente estar em um peso que é certo para você. A melhor maneira de descobrir se você está em um peso saudável ou se você precisa perder ou ganhar peso é falar com um médico ou nutricionista, que pode comparar seu peso com as normas saudáveis ​​para ajudá-lo a definir metas realistas. Se descobrir que você pode se beneficiar da perda de peso, siga algumas das sugestões simples listadas abaixo para começar.

O controle de peso é sobre o sucesso a longo prazo. As pessoas que perdem peso rapidamente por dietas radicais ou outras medidas extremas geralmente recuperam todas (e muitas vezes mais) as libras que perderam porque não mudaram seus hábitos de forma saudável, com as quais podem se manter.

Leia também: Saxenda remédio para emagrecer e controle dos diabetes

Dicas para o Sucesso
As melhores estratégias de gerenciamento de peso são aquelas que você pode manter por toda a vida. Isso é muito tempo, então vamos tentar manter essas sugestões o mais fácil possível!

Faça disso uma questão familiar. Peça a sua mãe ou pai para ajudar e apoiar. O objetivo é fazer mudanças na dieta ou no estilo de vida que beneficiem toda a família. Adolescentes que têm o apoio de suas famílias tendem a ter melhores resultados.

Assista suas bebidas. É incrível a quantidade de calorias consumidas nos refrigerantes, sucos e outras bebidas que você ingere todos os dias. Basta cortar uma lata de refrigerante ou uma bebida esportiva para economizar 150 calorias ou mais por dia. Beber água ou outro tipo de açúcar – Bebidas gratuitas para saciar a sua sede e evitar sucos açucarados e refrigerantes – A escolha de leite desnatado ou com baixo teor de gordura também é uma boa ideia.

Comece pequeno. Pequenas mudanças são muito mais fáceis de manter do que as drásticas. Por exemplo, desista de refrigerante regular ou reduza o tamanho das porções que você come. Quando você faz isso, você pode fazer outras mudanças, como introduzir alimentos mais saudáveis ​​e se exercitar em sua vida.

Pare de comer quando estiver satisfeito. Preste atenção enquanto come e pare quando estiver confortavelmente satisfeito. Comer mais devagar pode ajudar, pois leva cerca de 20 minutos para o cérebro receber a mensagem de que você está cheio. Às vezes, fazer uma pausa antes de ir por segundos pode evitar que você coma outra porção.

Tente não comer quando você se sentir chateado ou entediado – encontrar outra coisa para fazer em vez disso (uma caminhada ao redor do bloco ou uma viagem para o ginásio são boas alternativas). Muitas pessoas acham útil manter um diário do que comem e quando e o que estão sentindo. Quando você tem que anotá-la, você pode pensar duas vezes antes de comer biscoitos. Revisar o diário mais tarde também pode ajudá-los a identificar as emoções. eles têm quando comem demais.

Programe refeições e lanches regulares. Você pode gerenciar melhor sua fome quando você tem um horário de refeição previsível. Saltar refeições pode levar a excessos na próxima refeição. Adicionar 1 ou 2 lanches saudáveis ​​aos seus três quadrados pode ajudar a reduzir a fome.

5 por dia manter as libras de distância. Abandone a junk food e desenterre as frutas e verduras! Cinco porções de frutas e legumes não são apenas uma boa idéia para ajudá-lo a perder peso – eles vão ajudá-lo a se sentir completo e manter seu coração e o resto do seu corpo saudável. Outras sugestões para comer bem:

escolha pão integral e outros grãos integrais, como arroz integral e aveia
comer um café da manhã saudável
manter as porções sob controle
Mais dicas
Evite dietas da moda. Nunca é uma boa idéia trocar refeições por batidos ou desistir de um grupo de alimentos na esperança de que você perca peso – todos nós precisamos de uma variedade de alimentos para obter os nutrientes de que precisamos para nos manter saudáveis. Evite pílulas dietéticas (mesmo a variedade de balcão ou de ervas). Eles podem ser perigosos para sua saúde; Além disso, não há evidências de que eles ajudem a manter o peso a longo prazo.

Não banir certos alimentos. Não diga a si mesmo que nunca mais vai comer seu sorvete de chocolate de manteiga de amendoim absolutamente favorito. Tornar todos os deleites proibidos com certeza fará com que você os queira ainda mais. A chave para o sucesso a longo prazo é escolhas saudáveis ​​na maior parte do tempo Se você quer um pedaço de bolo em uma festa, vá em frente, mas coma as cenouras ao invés das batatas fritas para equilibrá-las.

Mexa-se. Você pode achar que você don ‘t necessidade de cortar calorias, tanto quanto você precisa para obter o seu para trás. Don’ t ficar preso pensando que você tem que jogar um esporte de equipe ou tomar uma aula de aeróbica de fazer exercício físico. Experimente uma variedade de atividades, como caminhadas, ciclismo e dança, até encontrar as que mais gosta.

Não é um atleta? Encontre outras maneiras de encaixar a atividade em seu dia: caminhe até a escola, suba e desça as escadas algumas vezes antes do banho matinal, desligue o metrô e ajude seus pais no jardim, ou dê um passeio pela sua paixão. casa -. qualquer coisa que você fica se movendo seu objetivo deve ser trabalhar até 60 minutos de exercício a cada dia, mas todo mundo tem que começar em algum lugar It ‘s bom para começar, basta tomar algumas voltas em torno do bloco, depois da escola e construção.. aumentar seus níveis de condicionamento gradualmente.

Construa músculo. Músculo queima mais calorias do que gordura. Então, adicionando força

1. Escolha uma dieta baixa em carboidratos

Se você quer perder peso, você deve começar evitando açúcar e amido (como pão, macarrão e batatas). Esta é uma ideia antiga: há 150 anos ou mais, tem havido um grande número de dietas para perda de peso com base na ingestão de menos carboidratos. O que há de novo é que dezenas de estudos científicos modernos provaram que, sim, a baixa carb é a maneira mais eficaz de perder peso.

Obviamente, ainda é possível perder peso em qualquer dieta – basta comer menos calorias do que você queima, certo? O problema com este conselho simplista é que ele ignora o elefante na sala: Fome. A maioria das pessoas não gosta de ‘comer menos’, ou seja, ficar com fome para sempre. Isso é dieta para masoquistas. Mais cedo ou mais tarde, uma pessoa normal vai desistir e comer, daí a prevalência da “dieta yo-yo”.

Leia também: Farinhas low carb

A principal vantagem da dieta baixa em carboidratos é que ela faz com que você queira comer menos. Mesmo sem contar as calorias, a maioria das pessoas com excesso de peso ingerem muito menos calorias em carboidratos baixos. Açúcar e amido podem aumentar sua fome, enquanto evitando-os pode diminuir seu apetite para um nível adequado. Se o seu corpo deseja ter um número adequado de calorias, você não precisa se preocupar em contá-las. Assim: as calorias são contabilizadas, mas você não precisa contabilizá-las.

Um estudo de 2012 também mostrou que pessoas com uma dieta baixa em carboidratos queimaram mais 300 calorias por dia – enquanto descansavam! De acordo com um dos professores de Harvard por trás do estudo, essa vantagem “seria igual ao número de calorias normalmente queimadas em uma hora de atividade física de intensidade moderada”. Imagine isso: uma hora inteira de bônus de exercício todos os dias, sem realmente se exercitar. Um estudo posterior, ainda maior e com mais cuidado, confirmou o efeito, com diferentes grupos de pessoas com dietas baixas em carboidratos queimando uma média entre 200 e quase 500 calorias extras por dia.1

Bottom line: Uma dieta baixa em carboidratos reduz a fome e torna mais fácil comer menos. E pode até aumentar sua queima de gordura em repouso. Estudo após estudo mostra que a baixa carb é a maneira inteligente de perder peso e que melhora importantes marcadores de saúde.

Saiba mais sobre keto e low-carb
Você quer saber mais sobre exatamente o que comer em carboidratos, exatamente como fazê-lo, possíveis problemas e soluções … e muitas ótimas receitas? Confira nosso guia para iniciantes. Alternativamente, você pode tornar o baixo nível de carboidrato ainda mais simples inscrevendo-se em nosso desafio gratuito de duas semanas.

Planejador de refeições e centenas de vídeos
Obtenha a experiência completa de Diet Doctor com planos ilimitados de baixo consumo de carboidratos e refeições cetônicas, listas de compras e muito mais com um teste de associação gratuito.

Inscrever-se!
Como comer um curso de vídeo ceto

Curso de vídeo com baixo teor de carboidratos
Você quer assistir a um vídeo de 11 minutos de alta qualidade sobre como consumir carboidratos com baixo teor de gordura (ceto)? E sobre as coisas mais importantes para pensar? Inscreva-se para obter atualizações gratuitas e você terá acesso instantâneo:

Insira o endereço de e-mail
Inscrever-se!

2. Coma quando estiver com fome
Coma quando estiver com fome
Não tenha fome. O erro mais comum ao iniciar uma dieta baixa em carboidratos: Reduzir a ingestão de carboidratos enquanto ainda tem medo de gordura. Carboidratos e gordura são as duas principais fontes de energia do corpo e precisam de pelo menos um deles.

Baixo teor de carboidratos E baixo teor de gordura = fome
Evitar carboidratos e gorduras resulta em fome, desejos e fadiga. Mais cedo ou mais tarde, as pessoas não aguentam e desistem. A solução é comer mais gordura natural até que você se sinta satisfeito. Por exemplo:

manteiga
Creme cheio de gordura
Azeite
Carne (incluindo a gordura)
Peixe gordo
Bacon
Ovos
Óleo de coco, etc.
Top 10 maneiras de comer mais gordura

Sempre coma o suficiente, para que você se sinta satisfeito, especialmente no início do processo de perda de peso. Fazendo isso em uma dieta baixa em carboidratos significa que a gordura que você come será queimada como combustível pelo seu corpo, como seus níveis de insulina de armazenamento de gordura hormônio serão reduzidos. Você vai se tornar uma máquina de queima de gordura. Você perderá o excesso de peso sem fome.

Você ainda tem medo de gordura saturada? Não. O medo da gordura saturada é baseado em teorias obsoletas que foram provadas incorretas pela ciência moderna. A manteiga é uma boa comida. No entanto, sinta-se livre para comer principalmente gorduras insaturadas (por exemplo, azeite, abacate, peixe gordo), se preferir. Isso poderia ser chamado de uma dieta mediterrânea de baixo carboidrato e funciona muito bem também.

Comer quando está com fome também implica outra coisa: se você não está com fome, provavelmente ainda não precisa comer. Quando em uma dieta keto você pode confiar em seus sentimentos de fome e saciedade novamente. Sinta-se à vontade para comer quantas vezes por dia que funcione melhor para você.

Algumas pessoas comem três vezes ao dia e, ocasionalmente, fazem um lanche entre elas (note que lanches freqüentes podem significar que você se beneficiaria da adição de gordura às refeições, para aumentar a saciedade). Algumas pessoas só comem uma ou duas vezes por dia e nunca lancham. Tudo o que funciona para você. Apenas coma quando estiver com fome.

Leia mais sobre por que comer quando está com fome é mais inteligente do que contar calorias

Saiba mais sobre como abastecer seu corpo com gordura

3. Coma comida de verdade
Compras mulher
Outro erro comum ao comer uma dieta baixa em carboidratos é se deixar enganar pelo marketing criativo da especialidade.

Como eles perderam 478 libras

A perda de peso é sobre números: Queime mais calorias do que você come ou bebe. Mas também é pessoal.

Leia também: Slimtrol 

Todo mundo é diferente, e há tantas dietas e exercícios para escolher. O que é certo para você?

Pode ajudar a obter inspiração de pessoas que estão onde você está agora e perderam o peso. Comece com essas seis histórias de pessoas que perderam peso e ficaram mais saudáveis.

Petrina Hamm, treinador de fitness online, Apex, NC

Perdeu 100 libras

Como ela perdeu: Hamm seguiu a dieta de Atkins, seguido por um plano sensato de comer que observava o tamanho das porções e evitava alimentos processados ​​e açúcares refinados. “Eu comecei com uma academia, mas mudei para treinos em casa como o P90X e o Insanity, que eu amava.”

Seus lanches: ‘Cerejas mergulhadas em manteiga de amêndoa, chips de couve assada e legumes com homus.’

Como ela ficou na pista: “Meu marido se tornou meu sistema de apoio. Nós fizemos exercícios nosso tempo de ligação.

Seu conselho: “Tome um dia de cada vez! Você não ganhou peso durante a noite. Você não vai perdê-lo durante a noite.

CONTINUE LEITURA ABAIXO
VOCÊ PODE GOSTAR
SLIDESHOW
Razões surpreendentes que você está ganhando peso
WebMD explica as possíveis causas do ganho de peso repentino, quando não há mudanças na dieta ou exercício. Aprenda sobre os efeitos de certos medicamentos, algumas condições médicas, problemas de sono e muito mais.
Allison Keller, professora, Houston

Perdeu 60 libras

Como ela perdeu: Vigilantes do Peso e exercícios. “Comecei a treinar uma vez por semana e aumentei para 5 dias. Aproveitar o que eu fiz foi fundamental. ”Quando correr na esteira se tornou chata, ela mudou para ciclismo indoor e kickboxing.

Lanches: ‘Bananas, fatias de pepino, uvas e cenouras eu poderia levar em movimento.’

Como ela ficou na pista: “Participar de reuniões semanais da WW me ajudou a ficar responsável. Se eu perdi uma semana, o apoio da comunidade me colocou de volta nos trilhos ”.

Seu conselho: “Evite tentações. Eu parei de comprar sorvete e batatas fritas porque eu sabia que se eles estivessem na minha casa, eu os comia. ”

Como ele perdeu: A dieta de Atkins, refeições de dieta personalizadas entregues em sua casa e exercícios regulares.

Fonte: https://www.mulherk.com.br/slimtrol-funciona-anvisa-bula-preco-e-onde-comprar/

10 mitos sobre emagrecimento que você provavelmente acredita

Você certamente já deve ter buscado por métodos, receitas e dietas para emagrecer na internet e visto uma centena de pessoas falando coisas completamente contraditórias. A verdade é que existem grandes mitos sobre emagrecimento que todo mundo ainda teima em acreditar e que estão te impedindo de alcançar os resultados que você quer.

>>Comece o Q48 HOJE e garanta GRÁTIS 8 bônus exclusivos para turbinar o seu emagrecimento.

A internet tem conteúdo a perder de vista sobre emagrecimento e considero isso algo muito positivo, mas é preciso que você saiba filtrar o que realmente é verdade e o que é mito. Existe muita informação duvidosa que já encontrei até mesmo em grandes que podem confundir muita gente e comprometer seriamente os resultados de quem quer emagrecer.

Foi por isso que decidi desvendar os 10 mitos sobre emagrecimento mais difundidos pelas pessoas na internet e até mesmo pela mídia. Será que você já caiu em um deles? Continue lendo este artigo e descubra!

1. Todas as calorias são iguais

Shake Q48 – Q48 SuperFoods
As calorias nada mais são do que uma medida de energia, e o que muita gente teima em acreditar – e pior, difundir – é que todas as calorias têm o mesmo conteúdo de energia. Isso, no entanto, absolutamente não quer dizer que todas as fontes de energia (ou calorias) terão o mesmo efeito sobre o seu peso.

Diferentes? Como assim?
Explico: diferentes alimentos passam por diferentes vias metabólicas e podem tem incontáveis efeitos diretos na nossa fome e nos hormônios que regulam o nosso peso e armazenamento de gordura.

Vou dar um exemplo para você entender melhor: uma caloria oriunda de uma proteína não é a mesma caloria proveniente da gordura, muito menos do carboidrato. Isso porque quando você substitui carboidratos e gordura por proteína, a sua fome e a sua vontade de comer (que são duas coisas diferentes) reduzem consideravelmente, ao mesmo tempo que seus hormônios que regulam o peso trabalham de maneira mais eficiente.

Além disso, outro ponto que você deve se lembrar sempre: as calorias de alimentos integrais ou naturais são muito mais completas do que as que compõem os alimentos refinados, como os doces, refrigerantes e industrializados em geral.

2. A perda de peso é um processo linear

Emagrecer normalmente não é um processo linear, ao contrário do que somos levados a pensar. Isso quer dizer que em durante alguns dias ou semanas você perde peso, em outros, você pode ganhar um pouco. Isso é algo absolutamente normal e que não compromete os seus resultados finais.

Sério, não se preocupe, é totalmente normal que o peso do seu corpo oscile algumas vezes. E isso acontece por diversos motivos: você pode estar com mais comida no seu sistema digestivo no momento ou até mesmo retendo um pouco mais de líquido. (Já falei aqui no blog sobre retenção de líquido e algumas maneiras simples de eliminar esse desconforto. São dicas super simples e que podem mudar sua vida)

3. Suplementos vão te ajudar a perder peso

A indústria dos suplementos é gigantesca e há tantos tipos de suplementos prometendo tantos resultados que você já deve até ter se confundido na hora de escolher um.

Saiba mais: Phytophen emagrece

Mas aqui vai uma má notícia em relação aos suplementos: quando estudados a fundo, nunca provam ser tão efetivos quanto prometem.

Agora, talvez, você esteja pensando que isso não pode ser verdade, pois conhece alguém que usa suplementos e tem resultados bastante satisfatórios. Você mesmo talvez já tenha usado por um tempo e percebeu mudanças. Na realidade, o que acontece nesses casos não é nada mais do que um efeito placebo. As pessoas acham que o suplemento pode ajudá-las, compram e, para que ele tenha uma boa performance, cuidam mais da alimentação, e quem cuida da alimentação, logicamente vê mudanças acontecerem em pouco tempo.

Claro, alguns podem sim ser uma ajuda e os melhores podem até te auxiliar a perder alguns quilos dentro de poucos meses. Mas entenda que o suplemento em si não é nem de longe a chave para o emagrecimento definitivo.

4. “Coma menos, mexa-se mais” é um bom conselho

A gordura corporal é simplesmente energia armazenada (ou, se preferir, calorias). Para perder essa gordura, mais calorias devem ser gastas do que ingeridas. Seguindo essa linha de pensamento, parece bem lógico pensar que comer menos e se exercitar mais resulta em perda peso. A equação bate e faz até certo sentido pensar assim, certo?

Nem sempre…

Esse, na realidade, é um péssimo conselho a ser seguido se você tem problemas com o seu peso, pois por mais que você emagreça no curto prazo, irá ganhar tudo de volta, e por razões biológicas.

A primeira mudança que deve ser feita é a de mentalidade. Se você quer realmente emagrecer e nunca mais engordar novamente, é preciso mudar o seu comportamento para conseguir mudar sua alimentação e sustentar uma rotina de exercícios. Apenas dizer “coma menos e exercite-se mais” não é suficiente.

Dar um conselho como esse para uma pessoa obesa é como dizer “anime-se” para alguém com depressão. É ineficaz e sinceramente chega a ser cruel.

5. Carboidratos fazem você engordar

Dietas com baixa ingestão de carboidratos, como a que eu indico para os meus alunos do Q48, fazem com que você emagreça rápido. Isso é um fato comprovado pela ciência e funciona em 100% dos casos.

Na maioria dos casos, a perda de peso acontece até mesmo sem que aconteça uma restrição consciente de calorias, pois enquanto a ingestão de proteínas for alta e a de carboidratos for baixa, você perderá peso inevitavelmente.

No entanto, isso NÃO significa que os carboidratos, por si só, façam você engordar. É só você pensar que a epidemia de obesidade começou em meados dos anos 1980 e a humanidade ingere carboidratos desde os seus primórdios.

A verdade é que os carboidratos refinados, tais como o que encontramos no pão branco e no açúcar e derivados, estão definitivamente ligados ao ganho de peso, mas os alimentos naturais e integrais que são ricos em carboidratos são bastante saudáveis e devem estar presentes no seu cardápio diário.

6. Gordura faz você engordar

A gordura corporal é apenas gordura proveniente de alimentos que é armazenada. Logo, somos levados a pensar que comer mais gordura fará com que o nosso corpo a armazene ainda mais, certo?

Errado!

Acontece que no nosso corpo as coisas não funcionam dessa maneira tão simples. A gordura não está ligada ao ganho de peso, exceto pelo fato de estar presente em alimentos altamente calóricos, como os de fast food.

Isso significa que enquanto você estiver ingerindo a quantidade correta de calorias, a gordura não fará você engordar. Na realidade, dietas com alta ingestão de gordura e pobres em carboidratos já mostraram ser altamente eficientes para emagrecer em vários estudos científicos.

O que significa que tudo depende do contexto.

Então, se você comer uma grande quantidade de gordura aliada a muitos carboidratos e alimentos processados, com certeza irá engordar, mas não por causa da gordura isoladamente.

7. Comer no café da manhã é obrigatório para perder peso

Vários estudos mostram que pessoas que pulam o café da manhã tendem a pesar mais do que os que fazem a refeição religiosamente.

No entanto, é preciso levar em consideração que isso pode acontecer porque provavelmente essas pessoas que comem bem de manhã são mais propensos a ter um estilo de vida mais saudável.

Outros estudos já mostraram que comer no café da manhã ou comer religiosamente a cada 3 horas não tem nenhum efeito considerável no peso das pessoas.

O que eu aconselho para meus alunos, na verdade, é que comam quando sentirem fome e parem quando se sentirem satisfeitos, sem exageros.

>>Comece o Q48 HOJE e garanta GRÁTIS 8 bônus exclusivos para turbinar o seu emagrecimento.

8. Dietas para emagrecer funcionam de verdade

A indústria do emagrecimento quer que você acredite que essas dietas malucas da moda realmente funcionam, mas a verdade é que elas quase nunca são eficazes no longo prazo. Infelizmente, em um ano, 85% das pessoas tendem a ganhar tudo o que perderam a custo de muito sacrifício.

O que eu vou dizer aqui pode ser um pouco chocante, mas entrar em uma dieta é quase entrar num compromisso de reganho de peso no futuro.

Como já falei antes, aqui a questão é muito mais de mentalidade e mudança de hábitos, pois é quase impossível sustentar uma dieta de restrição alimentar por muito tempo.

Esqueça a mentalidade de dieta e procure fazer uma reeducação alimentar, sem deixar de comer o que você gosta, durma bem, faça exercícios de alta intensidade e o emagrecimento será um efeito colateral de tudo isso. (e ele virá mais rápido do que você imagina)

9. Pessoas acima do peso não são saudáveis, mas as magras sempre são

Outro dos mitos sobre emagrecimento que tendemos a acreditar e que é uma grande falácia. é verdade que a obesidade está associada a uma série de doenças crônicas, incluindo diabetes, problemas no coração e até alguns tipos de câncer.

No entanto, existem muitas pessoas obesas que têm um organismo saudável e tantas outras que são magras e têm uma série dessas doenças crônicas que ligamos ao peso.

Claro, se você tem muita gordura abdominal, é bom ficar alerta, pois esse tipo de gordura está fortemente ligado a doenças do coração, por exemplo. Mas a gordura que se acumula sob a pele, por sua vez, é mais um problema estético do que de saúde.

10. Alimentos diet ajudam a perder peso

A triste verdade é que um monte de porcaria é comercializado como comida saudável. Alguns exemplos são os alimentos com baixo teor de gordura, alimentos sem glúten, entre outros.

Meu conselho é que você não confie nesse tipo de comida, pois os rótulos deles são feitos muito mais para enganar do que para informar.

E aqui vai uma dica de ouro: se for industrializado e o rótulo lhe disser que é saudável, então fuja! Provavelmente esse alimento vai ser muito ruim para você.

No sistema Q48, eu explico detalhadamente os melhores alimentos para emagrecer sem passar fome e uma maneira de se alimentar que é mais saudável, nutritiva e pode ser levada para o resto da vida, ou seja, o seu emagrecimento vai ser de forma duradoura e absoluta. E agora que você descobriu os maiores mitos sobre emagrecimento, descubra como acabar com o pensamento gordo de uma vez por todas!

Massagem detox é o segredo para um corpo sequinho

Saiba o que é a massagem detox e como esta técnica pode lhe ajudar a eliminar a gordura localizada.
22 DEZ 2015 13h26 atualizado às 13h26
0COMENTÁRIOS
Imagine dar adeus a até um quilo do seu peso durante uma sessão de massagem. Parece impossível? Pois saiba que não é. A massagem detox contribui para a perda de medidas, ajuda a eliminar aquelas gordurinhas localizadas e ainda é uma poderosa inimiga da celulite.

Leia também: Phytophen funciona

SAIBA MAIS
Misses aparecem sem maquiagem nas redes sociais

Cinco dicas para o rejuvenescimento da pele

Saiba como ter a sobrancelha grossa, queridinha das famosas

Procedimento ajuda a quebrar gordura e eliminar toxinas do corpo
Foto: iStock/Getty Images / Vivo Mais Saudável
Siga Terra Estilo no Twitter

Confira a seguir mais informações sobre o procedimento estético e descubra como chegar à praia com um corpão de dar inveja.

Leia também: Drenagem Linfática antes e depois

O que é a massagem detox?

A massagem detox é um procedimento que mistura esfoliação, drenagem linfática, massagem modeladora, ultrassom e manta térmica. A técnica pode variar de acordo com o profissional, mas, de modo geral, é realizada para eliminar as toxinas acumuladas no corpo por meio do suor e da urina.

O procedimento estimula o sistema linfático, responsável pela “coleta” dos resíduos do nosso organismo. Com os toques específicos, o massagista consegue aumentar o fluxo da linfa, acelerando a sua filtragem e diminuindo as chances de edemas e retenções.

Além disso, a massagem detox contribui para a quebra das células de gordura, facilitando que elas sejam eliminadas. Já os ativos termogênicos, como o ultrassom e a manta, colaboram para a desintoxicação da pele.

A sessão pode durar de 40 a 60 minutos e pode ser feita até três vezes por semana. O número necessário muda de acordo com o paciente.

Leia também: Kifina funciona

Um pacote com dez sessões já deve surtir efeitos positivos. Porém, é importante procurar um profissional qualificado e explicar quais são as suas expectativas em relação aos resultados. Vale também falar sobre as regiões para as quais você quer dar aquela atenção especial.

Dicas para turbinar os resultados

A massagem detox pode ser bastante eficaz na eliminação de toxinas e na perda de medidas, mas ela deve ser aliada a outros hábitos saudáveis para garantir melhores resultados. Confira dicas para conquistar um corpo ainda mais bonito.

1. Beba muita água diariamente. O líquido é essencial para eliminar toxinas do corpo e age positivamente no emagrecimento.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

2. Aposte no chá-verde ao longo do dia. Com propriedades termogênicas, ele contribui para a queima da gordura.

3. Observe bem sua alimentação. A massagem detox só trará bons resultados se você optar por uma dieta saudável. Evite o consumo excessivo de sódio, que contribui para a retenção de líquidos, e alimentos gordurosos. Prefira produtos integrais, vegetais frescos e carnes magras.

4. Por fim, não se esqueça que, além das sessões de massagem, as atividades físicas não devem ser deixadas de lado. Corrida, musculação, danças ou lutas são opções para se manter ativo e entrar em forma.

Gel redutor de medidas não funciona sozinho

Porém, ele é um coadjuvante importante em tratamentos estéticos, desde que aliado a hábitos de vida mais saudáveis
Os chamados géis redutores de medida são produtos com substâncias que prometem ajudar a acelerar o metabolismo celular, estimular a circulação sanguínea, melhorar a drenagem linfática, melhorar a flacidez da pele e diminuir processos inflamatórios locais. Eles são compostos por poucos ativos que têm sido utilizados em formulações básicas e antigas, o que muda em geral é a melhora da molécula, da sua absorção e, portanto, dos seus efeitos locais. Entre os ativos, um dos fundamentais são a cafeína em diversos níveis de sofisticação, alguns outros que podem ser citados são a rutina, calêndula, cânfora, mentol, chá verde, chá branco, centella asiática, derivados de algas marinhas, etc.

Leia também: Womax Gel Lipo reclamações

Infelizmente para quem tem gordura localizada e celulite, o gel redutor de medidas ajuda muito pouco. Esses produtos prometem curar esses problemas, mas na verdade, quando utilizados por pacientes jovens como medida preventiva, poderiam teoricamente manter o contorno corporal, desde que não haja aumento de peso ou tendência genética e que o paciente mantenha com rigor uma dieta saudável e exercícios corretos e regulares. Já os pacientes com a gordura localizada e celulite, os cremes podem ser aplicados como auxiliares, mas sua ação principal é a vasodilatação e a melhora da qualidade da pele, dificilmente o princípio ativo conseguirá penetrar na camada gordurosa e agir eficazmente.

Leia também: Phytophen funciona

Como o gel redutor de medida funciona
As fórmulas do gel redutor de medidas possuem normalmente um produto que “gela” a pele. Essa sensação é produzida pela cânfora, o mentol ou outras substâncias que refrescam a pele. O efeito, além do conforto psicológico, procura estimular a circulação sanguínea local na tentativa de melhorar a drenagem linfática e o sistema anti-inflamatório, muitas vezes considerado como uma das causas do desenvolvimento das traves embaixo da pele, o que leva à depressão característica da celulite, que dá o aspecto de “casca de laranja” à região acometida.

Leia também: Kifina funciona

Peso corporal esteja correto, prática de exercícios rigorosos e tratamentos dermatológicos são fundamentais para que se tenha algum resultado com o uso de gel redutor de medidas, culminando é claro, com a indicação de procedimentos como a lipoaspiração ou tratamentos invasivos com aparelhos e fibras óticas com laser específicos para a destruição das células de gordura.

Existem alguns tipos de gel redutor de medidas para o tratamento domiciliar e os de tratamento em cabine, que são os aplicados com massagens, com o uso de mantas térmicas, aparelhos diversos. Estes últimos são específicos para cada caso e aparelho. A escolha vai depender do plano de tratamento instituído e em geral se encontram em maior concentração, tendo efeitos mais intensos e que não devem ser utilizados rotineiramente em casa.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Em resumo, não há milagre quando se discute sobre produtos tópicos para reduzir medidas, como o gel redutor de medidas. Outras medidas são essenciais, como orientar os jovens quanto à dieta correta e a prática regular de exercícios. Quando já está instituído o problema, além das orientações já citadas, procurar um bom dermatologista para que ele possa orientar sobre qual tratamento ideal para cada caso, evitando disabores e despesas desnecessárias na tentativa desesperada de solução.

Gel redutor de medidas não funciona sozinho para redução de celulite e gordura localizada

Porém, ele é um coadjuvante importante em tratamentos estéticos, desde que aliado a hábitos de vida mais saudáveis

Os chamados géis redutores de medida são produtos com substâncias que prometem ajudar a acelerar o metabolismo celular, estimular a circulação sanguínea, melhorar a drenagem linfática, melhorar a flacidez da pele e diminuir processos inflamatórios locais. Eles são compostos por poucos ativos que têm sido utilizados em formulações básicas e antigas, o que muda em geral é a melhora da molécula, da sua absorção e, portanto, dos seus efeitos locais. Entre os ativos, um dos fundamentais são a cafeína em diversos níveis de sofisticação, alguns outros que podem ser citados são a rutina, calêndula, cânfora, mentol, chá verde, chá branco, centella asiática, derivados de algas marinhas, etc.

Leia também: Womax Gel Lipo reclamações

Infelizmente para quem tem gordura localizada e celulite, o gel redutor de medidas ajuda muito pouco. Esses produtos prometem curar esses problemas, mas na verdade, quando utilizados por pacientes jovens como medida preventiva, poderiam teoricamente manter o contorno corporal, desde que não haja aumento de peso ou tendência genética e que o paciente mantenha com rigor uma dieta saudável e exercícios corretos e regulares. Já os pacientes com a gordura localizada e celulite, os cremes podem ser aplicados como auxiliares, mas sua ação principal é a vasodilatação e a melhora da qualidade da pele, dificilmente o princípio ativo conseguirá penetrar na camada gordurosa e agir eficazmente.

Leia também: Kifina é bom

Como o gel redutor de medida funciona
As fórmulas do gel redutor de medidas possuem normalmente um produto que “gela” a pele. Essa sensação é produzida pela cânfora, o mentol ou outras substâncias que refrescam a pele. O efeito, além do conforto psicológico, procura estimular a circulação sanguínea local na tentativa de melhorar a drenagem linfática e o sistema anti-inflamatório, muitas vezes considerado como uma das causas do desenvolvimento das traves embaixo da pele, o que leva à depressão característica da celulite, que dá o aspecto de “casca de laranja” à região acometida.

Leia também: Phytophen é bom

Peso corporal esteja correto, prática de exercícios rigorosos e tratamentos dermatológicos são fundamentais para que se tenha algum resultado com o uso de gel redutor de medidas, culminando é claro, com a indicação de procedimentos como a lipoaspiração ou tratamentos invasivos com aparelhos e fibras óticas com laser específicos para a destruição das células de gordura.

Existem alguns tipos de gel redutor de medidas para o tratamento domiciliar e os de tratamento em cabine, que são os aplicados com massagens, com o uso de mantas térmicas, aparelhos diversos. Estes últimos são específicos para cada caso e aparelho. A escolha vai depender do plano de tratamento instituído e em geral se encontram em maior concentração, tendo efeitos mais intensos e que não devem ser utilizados rotineiramente em casa.

Em resumo, não há milagre quando se discute sobre produtos tópicos para reduzir medidas, como o gel redutor de medidas. Outras medidas são essenciais, como orientar os jovens quanto à dieta correta e a prática regular de exercícios. Quando já está instituído o problema, além das orientações já citadas, procurar um bom dermatologista para que ele possa orientar sobre qual tratamento ideal para cada caso, evitando disabores e despesas desnecessárias na tentativa desesperada de solução.

Leia também: Phytophen é bom

5 Tipos de Massagem Modeladora para Emagrecer em Celulite, Estética

A massagem faz parte de culturas antigas, sendo desenvolvida ao longo de milênios. Chineses, gregos, romanos, turcos, egípcios, hindus e persas sempre praticaram uma espécie de massagem, sendo que cada um desenvolveu seu próprio estilo.

E até hoje novas técnicas surgem transformando esta prática em um “boom” dos tratamentos estéticos. Ela é aplicada por diversos profissionais, de centros de fisioterapia a academias e até salões de beleza.

Em especial na segunda metade do século XX, o interesse crescente em métodos de cura natural reviveu esta técnica que melhora a circulação, restabelece e movimenta articulações, alivia a dor, restabelece o funcionamento de órgãos e vísceras, promove relaxamento profundo, libera as tensões físicas e mentais e modela o nosso corpo com a perda de medidas e gorduras indesejáveis.

Assim, mais países passaram a regulamentar a prática. Os padrões da indústria em licenciamento e educação emergiram. Como resultado, a massagem modeladora ganhou um lugar como uma forma legítima e respeitável da medicina alternativa com o foco na prevenção de doenças através da manutenção de bem estar.

Mas é fundamental alertar que este tipo de tratamento deve ser realizado por profissionais especializados, que entendam a anatomia e fisiologia do corpo (conheçam as estruturas e o funcionamento delas), para que o tratamento seja eficaz e seguro. Ou até mesmo optar por um profissional massoterapeuta. Ele converge na sua formação os conhecimentos sobre a fisiologia e patologia humana com diferenciadas técnicas de tratamento, através da massagem modeladora, com o objetivo de restabelecer a saúde do paciente.

Alguns estilos de massagem e suas histórias
Os primeiros registros escritos de massagem terapêutica foram descobertos no Egito e na China. Pinturas em tumbas no Egito retratam indivíduos sendo amassados por outros. Egípcios também são creditados com a criação de reflexologia em cerca de 2500 aC.

A Reflexologia é um sistema no qual o praticante aplica pressão em pontos específicos ou zonas reflexas dos pés e das mãos. Por sua vez, o receptor experimenta efeitos benéficos nas áreas do corpo que estão ligadas a estas zonas.

A China tem documentos sobre os benefícios médicos da massagem que remonta a cerca de 2700 aC. Técnicas de massagem chinesa originam a teoria de que as doenças surgem devido a uma deficiência ou desequilíbrio da energia em vias específicas, ou meridianos, que correspondem aos sistemas fisiológicos. As primeiras escolas de massagem foram desenvolvidos na China, em 100 AC.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
Massageador Anti celulite Funciona?
Xantina Emagrece? O Que é, Como Funciona, Creme e Dicas
Medicina Holística – O Que é e Como Funciona
11 Benefícios do Óleo de Pequi – Para Que Serve e Dicas
Começando por volta de 1000 aC, os monges japoneses que estudavam o budismo na China notaram os métodos de cura da medicina tradicional chinesa, incluindo a massagem terapêutica. O Japão logo começou a importar e personalizar técnicas da medicina chinesa, dando origem à massagem japonesa tradicional ou anma, que cresceu em Shiatzu. O principal objetivo do Shiatzu é elevar o nível de energia do paciente, resultando em um melhor funcionamento dos órgãos e estimulação de uma resistência natural a doenças.

Júlio César, 100 aC, beliscava-se a cada dia como um meio de se livrar da neuralgia e aliviar suas crises epilépticas. Aulus Cornelius Celsius, um médico romano, no início da era cristã, aconselhou que o atrito deve ser usado várias vezes por dia no sol, e descobriu que “dores crônicas na cabeça são aliviadas esfregando a própria cabeça”, e que “um membro paralisado é reforçado ao ser esfregado.”

Galen, 130 dC, o médico da Escola de Gladiadores de Pérgamo, como uma preparação para os exercícios, ordenou que os corpos dos combatentes deviam ser esfregados até que eles ficas sem vermelhos. Galen também foi o médico para muitos imperadores e usou um tipo de massagem terapêutica para tratar vários tipos de lesões físicas e doenças. Ele acreditava em exercício, dieta saudável, descanso e massagem como peças essenciais para restaurar e manter um corpo saudável.

Enquanto os ricos recebiam massagens em suas casas por médicos pessoais, muitos romanos foram tratados em banhos públicos onde os treinadores e os médicos faziam massagens. Eles teriam primeiro quee banhar-se e, em seguida, receber uma massagem de corpo inteiro usando petróleo para beneficiar a pele, para estimular a circulação e afrouxar suas articulações.

A Massagem terapêutica popularizou-se no Ocidente aproximadamente nos anos 1600. Os avanços científicos na tecnologia médica e farmacologia estavam mudando a base da medicina moderna. Os métodos manuais de cura desapareceram de vista. Entre 1600 e 1800, muitos médicos e cientistas observaram e documentaram os benefícios da massagem.

Por exemplo, Lord Francis Bacon (1564-1626) observou que a massagem tinha benefícios para a circulação. No entanto, as técnicas ocidentais fizeram poucos avanços até o século 19. No início dos anos 1800, o médico sueco Per Henrik Ling desenvolveu o Sistema Movimento Ginástico. Este sistema incorporou massagem com ginástica médica e fisiologia e ficou conhecido na comunidade de massagem como “massagem sueca.”

Em 1895, Sigmund Freud realizou estudos usando a massagem para tratar a histeria. Concluiu que o que fizemos ou não e enfrentamos em nossas vidas seria enterrado no corpo na mente inconsciente.

O Reiki (que significa “energia vital guiado por Deus”) acredita-se que data de práticas de cura tibetanas, mas foi descoberto em 1800 por um filósofo e educador japonês seminário cristão, Dr. Mikao Usui.

Wilhelm Reich (1897-1957), um psicanalista austríaco e aluno de Freud, tentou curar neuroses liberando seus correspondentes músculos e tensões usando respiração, circulação e manipulação física. A comunidade ficou indignada com o pensamento do contato físico. Ele foi enviado para a prisão por seus conflitos e lá morreu.

Em particular, a massagem foi usada para tratar pacientes da Primeira Guerra Mundial que sofreram lesão do nervo ou choque shell. No entanto, a massagem modeladora permaneceu fora do conhecimento geral como uma forma de tratamento por muitos anos. Era vista como um luxo reservado para os ricos.

Além disso, a sua reputação sofreu outro período desagradável com o alvorecer de casas de massagem onde a prática associou-se ao comércio do sexo. Ao final do sécuo XX, esta visão se reverteu mediante a busca de terapias alternativas de cura.

Na década de 1990, David Palmer criou e comercializou o On-Site Massage, usando uma cadeira de massagem. Massagistas de hoje praticam uma grande variedade de técnicas provenientes de métodos antigos. A partir dessas raízes, permanecem inspirados pela cura e bem estar físico e emocional ao adotar a prática para experimentar uma maior qualidade de vida. Assim, a massagem modeladora é agora utilizada em unidades de terapia intensiva, para as crianças, os idosos, bebês em incubadoras, e pacientes com câncer, AIDS, ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, apenas para citar alguns.

Benefícios da massagem modeladora para emagrecer
Confira cinco maneiras de como a massagem modeladora pode ajudá-lo a emagrece eliminando o excesso de gordura do seu corpo:

1. Melhora a circulação sanguínea

A massagem estimula os vasos sanguíneos e melhora o fluxo sanguíneo para os órgãos vitais do corpo. A prática pode melhorar o intercâmbio entre substâncias dos tecidos das células e do sangue que, por sua vez, mantém o metabolismo do tecido. O aumento do fluxo sanguíneo assegura que os nutrientes sejam suficientemente abastecidos nas partes vitais do corpo.

2. Intensifica a força muscular

Enquanto os exercícios regulares são a melhor maneira de construir a força muscular, massagens podem ajudar a relaxar os músculos após um alto nível de estresse físico. Isso mantém um músculo elástico e o fortalece, tornando-o menos suscetível a lesões musculares. A massagem é uma obrigação para os atletas do edifício do corpo para manter a imunidade do músculo contra lesões.

3. Reduz a gordura

Nosso corpo armazena a gordura em cápsula como apêndices chamados células de gordura. Pesquisas mostram que a massagem apropriada é realizada na zona de acumulação de gordura em excesso, que rompe as cápsulas de gordura, e a torna pronta para absorção dentro do corpo. Combinada com exercícios e a dieta, a massagem modeladora pode reduzir altos níveis de excesso de gordura em seu corpo.

4. Acelera o metabolismo corporal

Sob estresse constante de trabalho e hábitos alimentares irregulares, o metabolismo do corpo de um indivíduo muitas vezes pode tornar-se lento. O resultado é o aumento do peso corporal devido ao acúmulo de gordura. Estudos mostram que a massagem modeladora não só pode ajudar com o relaxamento e recuperação muscular, mas também pode estimular o metabolismo do corpo. Um metabolismo corporal ativo significa que seu corpo pode queimar nutrientes muito mais rápido, e levará à redução de gordura.

5. Combate a celulite

O principal componente de gordura corporal acumulada é a celulite. Se suas coxas e nádegas são afligidas pela celulite acumulada, a massagem modeladora pode definitivamente ajudar. Massagear as áreas carregadas de celulite pode distribuir a gordura e liberá-la para dentro do corpo para a absorção no organismo. O metabolismo também fica estimulado por uma massagem que ajuda a reduzir a celulite em seu corpo.

Mitos e verdades
1. Massagem pode ajudar com um problema de saúde?

A massagem têm uma série de benefícios para a saúde. Pesquisas demonstram que ela reduz a pressão arterial, alivia enxaquecas, ajuda a aliviar a dor em pacientes com cancro, HIV e doença de Parkinson. Ainda pode ajudar a diminuir o estresse, que é uma coisa boa para a sua saúde geral. Se você tiver uma condição médica séria, você deve cogitar uma massagem, mas consulte seu médico primeiro.

2. Há alguma contraindicação?

Em geral, são contraindicadas para mulheres com menos de 3 meses de gestação e pessoas com algum tipo de infecção.

3. Quando devo marcar uma massagem modeladora?

Pense sobre a programação do seu dia antes de configurar a sua massagem. Considere, por exemplo, que você não deve comer antes ou imediatamente após a sua massagem.

4. Eu vou ficar nu?

Você só precisa tirar a quantidade de roupa que considerar confortável para remoção. Você pode deixar suas roupas de baixo se preferir. O massagista vai lhe dar privacidade enquanto se despir ou sair da sala. Durante a massagem, o terapeuta irá usar uma folha ou uma toalha para cobrir as partes do seu corpo que não estão sendo massageadas.

5. A massagem vai doer?

A massagem modeladora é realizada com movimentos rigorosos de prensão, deslizamento e amassamento da pele, numa intensidade que atinja as camadas lipídicas (de gordura), a fim de quebrar as placas gordurosas. Por isso, muitas pessoas sentem dor ao realizar esta técnica, porém a intensidade da dor depende não só da quantidade de gordura que a pessoa tem, mas também da tolerância a dor, que é muito variável de indivíduo para indivíduo.

Entretanto, esta dor não pode causar um desconforto excessivo para o paciente, sendo este um limite para a intensidade das manobras. O ideal é aumentar a intensidade de forma gradual, para que o organismo se adapte a mesma. E caso esteja muito intensa, informe ao massagista.

6. Devo falar durante a massagem?

Você decide. Algumas pessoas gostam de permanecer em silêncio e ouvir música durante a massagem. Outros gostam de conversar. Diga ao seu massagista sua preferência.

7. E se eu dormir durante a massagem?

Você pode ficar sonolento, então não se preocupe se você cair no sono. Tomar alguns minutos para si mesmo após a massagem é sempre uma coisa boa. Mas não preocupe, porque o massagista irá lhe acordar quando terminar.

8. Como me sentirei após a massagem modeladora?

Depois de uma massagem, você deve se sentir relaxado e suave, um pouco como se tivesse bebido uma taça de vinho, e um alívio. Às vezes você pode ter 24-48 horas de dor. Mas não espere que uma massagem de uma hora vai resolver uma dor nas costas para o resto da vida ou outra dor crônica. Para muitas coisas, como uma dor nas costas, é um efeito cumulativo e você pode precisar de vários tratamentos consecutivos.

9. É normal ter hematomas após a realização?

Não. O hematoma é sinal de rompimento de vasos sanguíneos. E o extravasamento do sangue para os tecidos pode causar uma resposta inflamatória na região e dor, o que não é desejável.

Quando ocorre o hematoma é sinal de que o limite ideal de intensidade da massagem foi ultrapassado, ou seja, uma massagem que causa hematomas não indica uma massagem modeladora mais eficiente, pois não é necessário ultrapassar a camada de gordura da pele, já que somente ela deve ser trabalhada.

Se o hematoma já ocorreu, utilize gelo (sempre enrolado em uma toalha ou num saco plástico), a cada duas horas, por 15 a 20 minutos.

10. Utilizar somente cremes que prometem reduzir medidas tem resultado?

Não. Alguns cremes prometem princípios ativos que por si só reduziriam as medidas. Isto não é real. Eles podem ter formulações que aumentam a circulação sanguínea e, com isso, temos a melhora do aspecto da pele. Porém, a redução de medidas não ocorrerá sem as técnicas corretas de massagem modeladora, e é claro, muito exercício físico.

11. A massagem modeladora com aparelhos é melhor que a manual?

Leia também: Kifina reclame aqui

Não. Os diferentes aparelhos utilizados para a massagem modeladora podem facilitar uma intensidade maior da massagem, porém nem sempre uma massagem tão intensa é necessária. Além disso, a realização manual da massagem permite que o terapeuta avalie cada região do corpo, verificando os locais de maior acúmulo de gordura, direcionando o tratamento, tornando-o mais eficaz e objetivo.

Leia também: massagem redutora emagrece

Quais são as 5 massagens mais eficazes para o emagrecimento?
1. Drenagem linfática manual

Esta massagem estimula a contração dos vasos linfáticos e até fornece nutrição celular. É um método de massagem realizado com pressões leves, suaves, rítmicas que levam o excesso de líquidos acumulados no corpo até os gânglios linfáticos.

Leia também: Phytophen reclame aqui

A drenagem linfática é uma técnica manual que estimula o retorno da linfa para o sistema linfático, diminuindo a retenção de líquidos e eliminando resíduos e toxinas. Sendo assim, ela não atua diretamente na redução da gordura corporal nem da celulite (que nada mais é do que um excesso de gordura forçando uma pele retraída), apesar de ter um efeito indireto sobre as mesmas, já que aproxima o tecido gorduroso dos vasos sanguíneos e facilita sua captação pelos mesmos no momento da atividade física.

Leia também: Farinha seca barriga reclame aqui

Como ela melhora a circulação, também pode atuar indiretamente na prevenção da flacidez e nos desagradáveis inchaços causados pela TPM.

2. Massagem modeladora

É muito confundida com a drenagem linfática. Mas a massagem modeladora busca desenhar as curvas do corpo e é realizada com maior vigor e no corpo todo. A profissional pressiona os pontos da celulite e de acúmulos de gordura e, assim, suaviza esses problemas. É geralmente focada nas regiões onde há maior acúmulo de gordura, que nas mulheres são barriga, coxas, culote, glúteos, e às vezes braços. Desta forma, a massagem modeladora traz a diminuição de medidas, da celulite, favorecimento da lipólise (quebra da gordura) e modelagem do corpo, além de prevenir a flacidez, melhorando a elasticidade da pele.

3. Massagem redutora

Indicada para reduzir a gordura localizada, a massagem é executada utilizando movimentos rápidos, repetitivos e firmes sobre os tecidos do corpo, favorecendo a quebra das células de gordura localizada que são eliminadas pela corrente sanguínea. Os movimentos são vigorosos e dinâmicos, com foco em áreas específicas, como abdômen e culote.

Além de redução das medidas, a massagem também melhora a elasticidade da pele, reduz a flacidez e celulite. Elas explicam que a diferença da massagem modeladora O profissional também usa acessórios para potencializar a ação das manobras e os efeitos aparecem se for realizada pelo menos uma vez por semana.

4. Massagem Lipolítica

A técnica modela o contorno corporal, auxilia na redução de medidas e melhora a oxigenação e nutrição tecidual. Na técnica, são utilizadas manobras de deslizamentos e fricções locais. A massagem é realizada com decúbito dorsal (barriga pra cima), decúbito ventral (barriga para baixo), decúbito lateral (pessoa deitada de lado) e sentada, com a finalidade de se trabalhar o corpo inteiro.

5. Dermoativadora

A massagem elimina a celulite, estimula circulação a sanguínea, melhora a oxigenação e nutrição celular. Além de movimentos da drenagem e da massagem modeladora, um massageador anticelulite e produtos com ativos turbinam a técnica e alisam coxas e bumbum.

Leia mais https://www.mundoboaforma.com.br/5-tipos-de-massagem-modeladora-para-emagrecer/#ekq4dKqBmvmFqZlx.99

Remédio para emagrecer: os mais usados para perder peso

Medicamentos como a sibutramina e o saxenda têm recomendações específicas para causar perda de peso

Remédios para emagrecer são considerados uma forma simples de perder peso. Mas para que eles possam realmente funcionar, um especialista deve ser procurado. Isso porque eles podem causar efeitos bem sérios e precisam ser tomados com muito cuidado.

Veja a seguir mais sobre os remédios para emagrecer mais conhecidos, como eles agem, para quem são indicados e se causam efeitos colaterais. Além disso, descubra se alternativas naturais e alimentos funcionais podem substituir esses medicamentos:

Saiba mais: Esclareça 17 dúvidas sobre remédios para emagrecer
1. Sibutramina
A sibutramina é um dos medicamentos mais conhecidos e usados para emagrecer. Ela atua mexendo em alguns neurotransmissores como serotonina, noradrenalina e dopamina, e com isso, reduzindo o apetite. Hoje ele é um dos remédios que pode ser vendido no Brasil, desde que com prescrição médica.

Vantagens e indicações Uma das vantagens da sibutramina está em sua ação de redução do apetite e também de aumentar o gasto calórico.

Leia também: Phytophen funciona

O ideal é que ela seja passada a pacientes IMC maior que 30, quando a orientação de mudança de dieta e exercícios não surtir efeitos no emagrecimento.

Efeitos colaterais A sibutramina é contraindicada para quem tem hipertensão, diabetes ou risco aumentado para doenças cardiovasculares. Ela pode causar efeitos colaterais como:

Boca seca
Constipação
Dor de cabeça
Insônia.
Alterações de humor também são bastantes comuns e devem ser relatadas ao médico.

2. Saxenda
O saxenda é um remédio para emagrecer aprovado pela Anvisa em 2016. Seu princípio ativo, a liraglutina, é a mesma do remédio Victoza, usado para tratar o diabetes. Foi descoberto que ele reduz a sensação de fome, além de melhorar a glicose no sangue.

Ao contrário dos outros medicamentos de uso oral, o saxenda deve ser injetado sob a pele.

Vantagens e indicações A indicação do Saxenda é que ele seja utilizado em conjunto com dieta e atividade física em adultos com:

Índice de massa corporal acima de 30 kg/m2
IMC acima de 27 kg/m2 com alguma condição relacionada ao excesso do peso, como hipertensão, diabetes tipo 2 ou alterações de colesterol.
Acredita-se que ele funciona melhor em pessoas com problemas metabólicos, uma vez que ele também preserva o pâncreas.

Outra vantagem do saxenda é não afetar o humor do paciente, como outros remédios para emagrecer.

Efeitos colaterais Ele pode causar desenvolvimento de pancreatite, cálculos em vesícula biliar e risco de hipoglicemia, este último em pacientes com diabetes tipo 2.

Leia também: Kifina funciona

3. Orlislat
Esse medicamento não atua na fome, saciedade ou outros mecanismos metabólicos. Ele normalmente interfere na absorção de gordura, inibindo que 30% dela seja assimilada pelo corpo, que é eliminada em maior quantidade nas fezes.

Por conta disso, ele é mais usado como coadjuvante, junto a outros tipos de remédios para emagrecer.

Vantagens e indicações O orlislat é um bom medicamento para pessoas com dieta rica em gordura e quem dificuldades em cortá-la da alimentação.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Efeitos colaterais Quando a pessoa ingere muita gordura tomando esse medicamento, ela pode ter diarreias devido à quantidade de gordura em suas fezes, o que pode causar desconfortos.

4. Fluoxetina
A fluoxetina é um remédio para ansiedade, que pode ser usada em alguns tratamentos para emagrecer. Neste contexto, ela age controlando a ansiedade a fim de reduzir a compulsão alimentar.

Vantagens e indicações Seu uso como coadjuvante na perda de peso deve ser restrito a pessoas que possuem obesidade associada à depressão, ou então em casos de obesidade relacionados a uma condição médica chamada Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). Sendo assim, o paciente deve ter IMC maior ou igual a 30 e um diagnóstico de depressão ou TAG feito por um psiquiatra.

Efeitos colaterais A fluoxetina pode causar:

Diarreia
Náusea
Cansaço (fadiga)
Dor de cabeça
Insônia.
Além disso, estudos mostram que após 6 meses de uso, a modesta perda de peso obtida inicialmente com a fluoxetina aos poucos vai se perdendo.

5. Sertralina
A sertralina também é um medicamento antidepressivo e sua ação é semelhante a da fluoxetina acima. No entanto, esse remédio é ainda menos usado para emagrecer, já que pode causar compulsão alimentar em grandes quantidades.

Vantagens e indicações Seu uso como coadjuvante na perda de peso deve ser restrito a pessoas que possuem obesidade associada à depressão, ou então em casos de obesidade relacionados a uma condição médica chamada Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).

Efeitos colaterais As reações adversas mais comuns são:

Insônia
Sonolência
Tontura
Dor de cabeça
Diarreia
Boca seca
Náusea (enjoo)
Distúrbios da ejaculação
Fadiga (cansaço).
6. Bupropiona
A bupropiona é um antidepressivo mais indicado para o emagrecimento do que a fluoxetina e a sertralina, por ajudar a reduzir a compulsão. Ela atua de forma semelhante em casos de fumantes que querem deixar o vício de fumar.

Vantagens e indicações Ela é mais indicada quando o paciente apresenta algum quadro psiquiátrico, como depressão ou compulsão alimentar, e apenas quando a dieta e os exercícios físicos sozinhos não se mostram eficazes para o emagrecimento.

Efeitos colaterais O medicamento pode causar insônia, boca seca, cefaleia e, em casos mais graves, convulsões, taquicardia, hipertensão, urticária e manchas na pele (rash cutâneo). Por isso mesmo ele deve ser ingerido com acompanhamento médico.

7. Anfetaminas (Anfepramona, Femproporex e Mazindol)
As anfetaminas, como Anfepramona, Femproporex e Mazindol, são uma classe de medicamentos chamados de anorexígenos. Eles agem diretamente reduzindo o apetite.

Hoje eles não são vendidos no Brasil, mas há uma sanção aguardando aprovação do presidente do Brasil, para que medicamentos derivados dessas substâncias voltem a serem comercializados. Eles foram proibidos pela Agência de Vigilância Sanitária em 2011, pois não há estudos que comprovem seus benefícios.

Vantagens e indicações Esses medicamentos inibem a fome quase que completamente.

Efeitos colaterais No entanto, o problema dessas fórmulas é que elas não melhoram o paciente metabolicamente nem o educam a como comer melhor. Além disso, elas podem trazer alterações comportamentais, como ansiedade, irritabilidade, insônia, tremores e depressão.

Quando usar remédios para emagrecer?
Os remédios para emagrecer nunca devem ser a primeira opção para o emagrecimento. O ideal é que primeiro o paciente experimente mudar hábitos como sua alimentação e grau de atividade física realizada no dia a dia. Caso essas medidas não se mostrem eficazes, aí sim os medicamentos podem e devem ser indicados, entanto o perfil de cada paciente.

Leia também: Remédios caseiros para emagrecer Anvisa

O ideal é que as pessoas com IMC acima de 30, ou pessoas com IMC acima de 27 e doenças metabólicas, sejam avaliadas para o uso de medicamentos nesses casos. Somente nessas situações os efeitos colaterais dos medicamentos não superam os benefícios possíveis.

Remédios naturais para emagrecer
Existem alguns métodos naturais para emagrecer. Entenda se eles funcionam mesmo:

Quitosana Essa substância é extraída do exoesqueleto de insetos ou crustáceos e age como uma fibra, trazendo saciedade. Além disso, estudos feitos em animais mostraram que a quitosana pode interferir muito na digestão e absorção de gorduras pelo trato intestinal, facilitando a excreção destas gorduras nas fezes dos animais.

No entanto, não há estudos que mostrem seus benefícios diretos no emagrecimento em seres humanos.

Konjac Essa raiz também é famosa por suas propriedades emagrecedoras, mas existem poucas evidências da sua ação em seres humanos.

Goji berry em cápsulas Alguns estudos mostram que o goji berry consumido em suco pode ajudar a emagrecer, já que pessoas com baixo consumo de vitamina C podem ser mais resistentes a perder massa gorda. No entanto, ele precisa ser aliado a uma alimentação equilibrada.

Faseolamina Essa substância presente no feijão branco cru reduz a absorção dos carboidratos, sendo aliada do emagrecimento. No entanto, esse alimento cru deve ser consumido com bastante moderação, pois pode fazer mal à saúde.

Remédios caseiros para emagrecer funcionam?
Entre os remédios caseiros para emagrecer estão itens como água com berinjela, água com gengibre e chás diuréticos. Veja se eles realmente funcionam:

Água com gengibre Deixar o gengibre soltar seu líquido na água pode sim ajudar no emagrecimento devido a seu efeito termogênico. Mas só funcionará se aliado a uma dieta balanceada e com menos calorias.

Água com berinjela Essa água, feita ao deixar de molho cubinho de berinjela, não tem estudos que comprovem seu benefício na perda de peso ou que os nutrientes do vegetal sejam passados para a água. O ideal é aproveitar os benefícios da berinjela in natura, consumindo-a refogada ou grelhada.

Chás diuréticos Bebidas com essa propriedade apenas reduzem a retenção de líquido do corpo, o que ajuda a reduzir poucos quilos na balança. No entanto, chás diuréticos com outras propriedades emagrecedoras, como o chá de hibisco, podem ser interessantes, desde que também sejam aliados a uma dieta mais saudáve

Como aumentar o desempenho ma musculação

Quem pratica musculação sabe que depois de um tempo malhando parece que o treino não faz mais efeito. É como se você treinasse somente para manter o que já conquistou. Não importa quanto você mude o treino, parece que os seus músculos já estão “acostumados” com os exercícios e você não ganha mais massa magra, nem tampouco perde gordura.

Se você se identificou com a descrição acima, não se preocupe. Você não está sozinho. E não, não acabaram as esperanças. Dá sim para aumentar o desempenho na musculação e atingir novas metas.

Antes de prosseguir veja se você não está fazendo um dos principais erros de quem malha e não vê resultados.

Para começar, você já prestou atenção no que anda comendo? Pode ser que você esteja sabotando seus treinos sem perceber. Uma cervejinha aqui, um pedacinho de pizza aqui e no fim do mês o seu treino foi todo por água abaixo, ou, pode ser que você até siga uma dieta específica, que foi sugerida por um nutricionista, mas você esqueceu de retornar ao médico para ajudar a alimentação. Afinal, assim como nossos músculos ” se habituam” a certos tipos de exercícios e precisam de novos estímulos, o mesmo acontece com a alimentação. Você precisa mudar sempre a dieta para que ela dê resultado.
Se você está procurando queimar gordura para definir, veja esse nosso artigo sobre isso.

Quero ajuda de um Profissional

Alimentação pré e pós treino
Já está mais do que provado que a alimentação não só aumenta o seu desempenho a longo prazo, como ela é responsável também pela sua concentração e força no dia a dia da academia. Por isso, é essencial saber o que comer antes e depois dos exercícios.

Antes do treino o foco é um só: energia. Você precisa se alimentar para manter os índices glicêmicos em determinado nível e ter força para malhar. Nesse momento, por volta de 1 hora a 30 minutos antes do treino a dica é consumir carboidratos complexos, de lenta absorção, que são fonte de energia, como batata doce, alimentos integrais e grãos.

A sugestão é investir em frutas, torradas, cereais, iogurtes, frios magros, etc. Se não conseguir comer, aposte no isotônico, no caso de corridas, e em um suplemento rico em carboidratos como a maltodextrina – no caso de musculação.

Não coma demais para que o seu corpo não gaste muita energia na digestão e você acabe passando mal. Para saber quanto você deve consumir a melhor dica é procurar um nutricionista.

Evite carboidratos simples como pães brancos, doces e etc. Além de serem digeridos rapidamente eles elevam a taxa de glicose no sangue, o que pode ocasionar picos de energia seguidos de queda energética no organismo, podendo dar tontura durante o treino.

Mantenha-se hidratado durante todo o treino. Cerca de 70 a 75% da nossa musculatura é composta de água. Então, não adianta fazer tudo certo e não beber água antes, durante e depois do exercício. A ingestão de água deve ser feita diversas vezes e em pequenas quantidades. Tomar muita água de uma vez só pode prejudicar o treino.

O pós-treino é um dos momentos mais importantes para quem pratica atividade física. É nessa hora que muita gente peca. Ou por não comer, por comer demais com aquela desculpa de “malhei, então eu posso”, ou por comer de menos. Após o treino, o organismo age como uma esponja. Tudo que é ingerido é absorvido rapidamente, pois o corpo está necessitando de alimentos para repor o que foi perdido.

A dica é apostar em alimentos ricos em proteína, de preferência animal: peixe, frangos, ovos, e por aí vai. Não esqueça de aliar a proteína a um carboidrato para repor as energias perdidas. Aqui conta muito qual seu objetivo com a musculação. Se o seu foco é emagrecer aguarde até 1 hora para consumir alimentos ricos em carboidrato complexos, aqueles que foram consumidos antes do treino. Agora, se o seu foco é ganhar massa, ou hipertrofia, invista em carboidratos de alto índice glicêmico imediatamente após o treino como granola, aveia, beterraba, frutas como banana, manga ou mamão e pães, etc.

Alimentos essenciais para quem treina
Existem alguns alimentos que devem fazer parte do cardápio de quem treina. Eles ajudam a aumentar o desempenho, além de auxiliarem no ganho de massa e na manutenção do peso.

São eles:

Ovos: não, não é lenda urbana. Quem treina tem mesmo que consumir ovos diariamente. Isso porque eles possuem substâncias importantes ao desempenho, como a albumina, presente na clara, que é um aminoácido importante para formação e desenvolvimento muscular.
Peixes: são excelentes fontes de iodo e contém quatro vezes mais concentração de cálcio do que as carnes comuns. Além disso, são super leves, de digestão rápida e não engordam.
Banana: rica em vitaminas do complexo B e potássio. É ótima opção para um lanche rápido, pois é rica em energia sem ser muito calórica.
Cereais como aveia, arroz integral e farinhas integrais são carboidratos com baixo índice glicêmico. Demoram mais para que sejam transformados em glicose no sangue e evitam o acúmulo de gordura. São ricos em energia, fibras, vitaminas e minerais, e aveia.
Azeite de oliva poderoso antioxidante, perfeito para quem mantém uma rotina de treinos, pois é rico em gorduras monoinsaturadas – aquelas consideradas boas e que não se acumulam em forma de gordura localizada e nas artérias.
Oleaginosas: amêndoas, castanhas, nozes e avelãs, por exemplo. Com 16% de carboidratos, 20% de proteínas, contêm proteínas de médio valor biológico e 60% de lipídios de difícil digestão (celulose, lipídeos em alta concentração). Este grupo conta com grande concentração de calorias por isso devem ser consumidas em pequenas porções.
Batata-doce: a queridinha das academias contém 20% de glicídios, mas é bastante rica em fibras. Sua liberação de energia no sangue é mais lenta do que os outros tipos de batata e, por isso, é tão usada no meio esportivo. Ela também é rica em vitamina A.
Turbinando o treino
Com alimentação certinha e sempre em movimento, sim porque a sua dieta deve ser mudada constantemente, é hora de mexer no treino da academia.

Aqui também a palavra-chave é mudança. Mude sempre, até para não cair na monotonia. Existe um princípio do treinamento físico chamado princípio da adaptação , o seu conceito diz que em poucas semanas seu corpo se adapta aos estímulos que estão sendo oferecidos pelo treinamento e se você não receber novos estímulos cada vez mais desafiadores seu físico vai estabilizar e parar de se desenvolver.
O ideal é receber novos desafios a cada duas ou quatro semanas, como por exemplo, aumentar o número de séries, repetições, modificar intervalos, velocidades dos movimentos ou até mesmo os tipos de exercícios. O professor também pode optar por exemplo, por outros sistemas de treinamento como bi-set, tri-sets, drop sets, pirâmides, onda, entre outros.

Isso vai depender dos seus objetivos, de suas características individuais e da velocidade do seu desenvolvimento com os treinos propostos. Por isso é fundamental ter um personal trainer cuidando do planejamento dos seus treinos para aplicar os estímulos corretos e no momento certo.

Respire. Uma respiração adequada, além de melhorar seu rendimento e trazer maiores resultados estéticos e posturais, vai assegurar que você tenha uma prática saudável e sem riscos. Por outro lado, um mau controle da respiração pode sobrecarregar o coração no trabalho de bombear sangue para o corpo.

Um dos erros mais comuns de quem treina é “prender” a respiração na hora de executar o exercício, o que pode elevar a pressão arterial e sobrecarregar o coração.

A dica é soltar o ar na contração muscular e inspirar lentamente no retorno à posição inicial, sem prender o ar em nenhum momento. Na execução ideal, o movimento do exercício deve ter a mesma velocidade que a respiração.

Relaxe.Você sabia que uma mente cansada também pode prejudicar o seu treino? Um estudo feito em uma universidade americana apontou uma queda de rendimento das pessoas que iam treinar com muitas informações na cabeça. Para treinar, sua mente deve estar tranquila.

Foque-se no exercício. Uma boa forma de fazer isso é ouvindo música. Treinar ouvindo música pode inclusive te ajudar a fazer uma forcinha extra. De acordo com o especialista em psicologia no esporte Costas Karageorghis, autor de Inside Sport Psychology, canções selecionadas da maneira certa podem reduzir a percepção de esforço em 12%. Ou seja, você vai pegar aquele peso a mais ou fazer uma série extra só por conta da sua playlist. Além disso, músicas são ótimas para nos fazer esquecer os problemas do dia-a-dia.

Não perca o foco. Se o seu treino não está mais dando resultados como antes converse com o seu personal trainer. Ele pode te ajudar a identificar o que pode estar acontecendo. Stress, noites mal dormidas, bebidas alcoólicas, inúmeros fatores podem atrapalhar seus resultados. Só um profissional pode te ajudar a decifrar as causas.

Treine pesado e evite lesões
Infelizmente, a realidade na maioria das academias é que os alunos treinam sem acompanhamento. Acontece mais ou menos assim: você se matricula na academia, faz uma avaliação física com um professor de educação física, esse mesmo professor (provavelmente) irá criar um treino para você de acordo com os seus objetivos. No dia de começar o novo treino ele irá te acompanhar, demonstrando como executar cada um dos exercícios. Depois disso, é cada um por si. (Por isso, existe a Biotreino para te ajudar.)

A partir daí cabe ao aluno tentar manter a postura correta nos exercícios e se policiar quanto a execução de cada série.

A questão é que essa realidade pode ser um tanto quanto perigosa. Fazer exercícios de força com a coluna fora do lugar pode ser bastante prejudicial, podendo ser responsável por hérnias e alteração na curvatura das costas.

Cada aparelho tem sua forma correta de ser usado e o uso incorreto é o responsável pelas lesões. A barra do pulley, por exemplo, deve ser puxada para trás da cabeça, com a coluna ereta, sem jogar o pescoço para frente. O leg press é um dos campeões em causar lesões, principalmente porque as pessoas dobram os joelhos para fora ou tiram o apoio da coluna, o que é totalmente errado.

Leia também: Kifina funciona

Para te ajudar na hora de executar os exercícios, selecionamos alguns errinhos básicos super comuns nas academias.

Puxador: o maior erro aqui é “jogar” o corpo para trás com a intenção de conseguir aumentar a carga. O ideal é manter a coluna ereta e o abdômen contraído, caso contrário a coluna será sobrecarregada.
Agachamento livre: outro exercício que se executado de forma incorreta pode causar sérios problemas à coluna. As pernas devem formar um ângulo de 90º, pernas afastadas, abdômen contraído e barra nos ombros.

Remada: nada de deixar o corpo ir junto com o aparelho. Mantenha as costas firme levemente inclinada para trás. Os joelhos também devem estar levemente flexionados.

Peitoral: aqui o maior erro é a amplitude exagerada. A dica é sempre iniciar o exercício quando o músculo estiver contraído.

Além desses são comuns também erros na hora do abdominal – não esqueça de deixar o pescoço relaxado e o abdômen contraído e até erros na esteira – o calcanhar deve encostar no chão sempre antes da ponta do pé – e bicicleta, como não justa o banco na altura certa para pedalar (seus joelhos não podem se estender nem flexionar muito).

Excesso de peso também pode prejudicar articulações e músculos. Não exagere na carga. Se achar que está na hora de aumentar os pesos converse com seu professor ou personal trainer e faça isso progressivamente.

Além disso, muitos professores esquecem de destacar a importância do aquecimento antes de “pegar peso”. E não estamos falando do aquecimento geral não. Caso você não saiba, cada grupo muscular deve ser aquecido antes de ser exercitado. Por isso, antes de treinar braço, por exemplo, é bom aquecer os músculos da região para evitar lesões. Sem um aquecimento, há o risco de lesionar o músculo e seu desempenho durante o exercício pode diminuir.

Leia também: qual Exercício para queimar calorias

Outra causa muito comum de lesões é o overtraining. O excesso de treinamento estressa as articulações, tendões e músculo. É por isso que você deve evitar treinar os mesmos grupos musculares em dias consecutivos.

Aprenda a escutar o seu corpo e conhecer os seus limites. Só assim você poderá saber o momento certo de exigir mais ou menos dele.

Leia também: Phytophen funciona

Sabemos que para quem treina o que importa mesmo são os resultados e quão rápido eles aparecem. Mas, para que os seus treinos tenham o rendimento que você espera é preciso dedicação, alimentação balanceada e um acompanhamento profissional. Além, é claro que alguns truques que fazem a diferença na hora de malhar. Fique atento a carga, a postura, à execução dos exercícios e a respiração. Relaxe a mente, durma bem e descanse os músculos. Com dicas simples e diárias, você garante que seu esforço está valendo a pena.

Farinha de Maracujá Emagrece

Entenda como ela funciona e faça uso.
Artigo publicado por Amanda Bitte nas categorias: Produtos
Constantemente nos deparamos com algumas informações inusitadas sobre o emagrecimento, são tantas as farinhas e sucos milagrosos que até desconfiamos das informações, bom, em primeiro lugar muitas pessoas relatam que ao fazer uso da farinha de maracujá conseguiram emagrecer de forma absurda, será esta a formula que todo mundo deseja?

Para entender mais sobre a farinha buscamos informações com alguns especialistas, a minha primeira pergunta foi; – Quais são os benefícios da casca do maracujá?

Para realizarmos a farinha de maracujá, utilizamos somente a casca, sempre escutei muitos debates sobre a forma como manipulamos as cascas de alguns alimentos, desta forma, fiquem pasmos, a casca do maracujá está repleta de (pectina) esta substância é responsável por tirar a fome, isso mesmo, ela elimina a vontade de comer.

Além disso, ela controla os níveis de açúcar em nosso sangue, melhorando quadros de diabetes, este controle e eliminação da vontade de comer faz com que o individuo que faz uso da farinha tenha mais disciplina, comendo quando é realmente necessário, ou seja, as refeições corretas e deixando de lado o vício de comer fora de hora, já o controle do açúcar ajuda quem já tem a doença diabetes e melhora a saúde de quem tem a pré-disposição de ter a doença.

Mas os benefícios da farinha de maracujá vão além de tudo isso, observem:

Controle do peso;
Auxilia quem deseja perder peso;
Sacia o nosso apetite;
Reduz a absorção de gordura em nosso organismo;
Melhora o aparelho digestivo;
Elimina a prisão de ventre;
Baixa o colesterol;
Ajuda o organismo a absorver a quantidade de carboidratos necessários para a energia do mesmo.

Estes são os benefícios que a utilização diária da farinha gera em nossa saúde, a casca do maracujá tem muito mais para nos dar, ela é fonte de vitamina B3, atua em nossos hormônios, ajuda no aspecto psicológico reduzindo ou eliminando a ansiedade, é ideal para o crescimento das crianças e tem efeito desintoxicante, tem cálcio e ferro, fósforo, é perfeita para a contração muscular sendo ótima para quem pratica atividades físicas.

E diante de tantos benefícios assim não podemos deixar de fornecer a receita!

Leia também: Farinha seca barriga reclamações

Modo De Fazer
Peque a fruta inteira e deixe de molho em uma vasilha com 1 litro de água e 1 colher de sopa de água sanitária, isso serve para higienizar bem a casca, a fruta deve permanecer nesta solução por 15 minutos.
Dica: Faça isso sempre com os alimentos.
Após o tempo estimado lave em água corrente a fruta, retire a polpa e reserva para fazer um suco.
Com a casca em mãos, corte-as em tiras e leve ao forno médio por aproximadamente 30 minutos.
Depois do tempo estimado deixe as cascas esfriarem e bata no liquidificador ou processador.
Conservação

Leia também: Phytophen é bom
Pode ser conservado em ambiente fechado por até três meses.

Modo De Usar
Utilize 2 colheres de sopa sobre alimentos, nos sucos, vitaminas, mingau e muito mais, é também recomendável que tome muito líquido durante a utilização da farinha de maracujá.

Sempre falo que, no processo de emagrecimento, o ideal é primeiro buscar a saúde, os hábitos saudáveis, e o emagrecimento será uma consequência dos novos hábitos.

Leia também: Phytophen

Precisamos considerar a prática de atividades físicas, o gerenciamento do estresse e principalmente investir nosso tempo em entender de alimentação, compreender o básico da alimentação, saber diferenciar proteínas, gorduras e carboidratos.

A proteína é a construção, é o tijolinho da casa, precisamos dela para massa muscular, para a pele, para a produção de hormônios. As gorduras são necessárias para formar hormônios, para desintoxicar o corpo, para nossa imunidade, cérebro. Sobre os carboidratos, considere que todo carboidrato que entrar e não for consumido, queimado, virará gordura. Se tudo o que vier em excesso vira gordura, obviamente a regra aqui é não abusar dos carboidratos. Não podemos viver sem carboidratos, não é possível simplesmente cortar o consumo deles, mas no momento em que sabemos da sua importância na nossa dieta, devemos aprender sobre eles, devemos pesquisar e conhecer os alimentos, principalmente no que diz respeito à sua carga glicêmica.

Conhecendo as cargas glicêmicas, opte sempre pelas cargas mais baixas, pois são mais saudáveis. Proteínas, gorduras e carboidratos, os 3 são essenciais, mas apenas os carboidratos vão virar gordura. E não esqueça do equilíbrio hormonal.

Leia também: comprar Comprimido para emagrecer

Proponho aqui 10 passos importantíssimos para um emagrecimento saudável:

1. FAÇA SUBSTITUIÇÕES

A primeira substituição seria o glúten, prefira sempre alimentos sem glúten. Mas não adianta se entupir de farinhas todas outras e industrializados! Diminuir glúten é no sentido de diminuir farinhas, onde a de trigo é a pior e mais inflamatória! Diminua o leite, corte o açúcar, aqui recomendo que corte mesmo, tente não substituir, caso não consiga troque o açúcar por Stevia, mas nunca use adoçantes a base de aspartame ou sucralose, sempre prefira os a base de stevia, Taumatina e Xylitol. Substitua todos os óleos por óleo de côco ou banha de côco extra virgem. Com exceção do óleo de côco, todos os outros óleos se transformam em gorduras trans, que são substâncias tóxicas e inflamatórias para o nosso corpo.

Leia também: Kifina funciona

Desapegue do refrigerante, considerado o alimento mais tóxico que existe no mercado, verdadeiro veneno feito para viciar. Desapegue dos sucos de caixinha, se você tem sede, beba água, se tem fome, coma a fruta.

2. QUANTAS REFEIÇÕES DIÁRIAS?

Aconselho que não siga regras aqui. Depende de inúmeros fatores individuais. O fato é que não devemos comer carboidratos em excesso e, só conseguimos realizar este passo, quando pensamos em comer mais proteínas e gorduras boas que combinados, geram saciedade. Opte por carboidratos de baixa carga glicêmica como a batata doce e a maçã, e por boas fontes de proteínas, nas animais as carnes, nas vegetais a quinoa, a lentilha, o feijão branco. Quanto às gorduras, aproveite os benefícios do abacate, das oleaginosas, do coco, azeite de oliva, gema do ovo.

3. FAÇA TESTES

Experimente ficar alguns dias sem glúten por exemplo, fique 24 dias sem ingerir nenhum alimento que contenha glúten, visto que não existe absolutamente NADA dentro do trigo que só exista nele e que seja vital. Passado o teste do glúten, faça o teste da lactose, pois muito comum que alterações intestinais imperceptíveis leve a uma alteração de sua microbiota e passe a gerar inflamação sub-clínica, com má absorção nutricional e desvios de funções metabólicas. Estes são os alimentos que mais comumente têm desequilibrado a integridade intestinal, mas até o Ovo contém uma proteína com possível efeito alergênico (infelizmente, pois o Ovo é o alimento mais completo que a natureza nos fornece). Depois de analisar a sua sensação, você pode decidir se quer estes componentes na sua vida.

4. AVALIE, O MOTIVO PELO QUAL MUDAR A SUA VIDA E APOSTAR NO EMAGRECIMENTO

Agora que já conhece os alimentos, é preciso pensar na necessidade de emagrecer, ou seja, o porque você está fazendo isso. Procure um profissional e tenha uma avaliação séria do que você precisa melhorar, procure orientação para que as perdas sejam apenas de massa gorda e não de massa muscular.

5. UM PASSO DE CADA VEZ.

Uma mudança pequena e constante é melhor do que uma mudança radical e temporária. Estabeleça metas. Um passo de cada vez, se movendo lentamente em direção a sua meta, com certeza é melhor do que não sair do lugar. Não tenha em casa alimentos que nao sejam saudáveis, pois assim não existe riscos de cair em tentação de consumí-los.

6. ATIVIDADES FÍSICAS: POR QUE FAZER?

Como escolher? Nosso corpo não foi gerado para ser sedentário, fomos feitos para viver em constante movimento, nosso corpo é uma máquina maravilhosa que nos proporciona diversas possibilidades de atividades que vão ajudar não apenas na sua boa forma mas também no seu bom humor e qualidade de vida, incluindo o seu sono. De acordo com a sua possibilidade, se tem disponível apenas 1 hora por dia, exercite-se durante esta uma hora, se tiver apenas meia hora, use-a da melhor maneira possível, o que importa é não ficar parado. Uma boa ideia é começar com a caminhada, mas vá além e não dispense a musculação. Caso consiga correr, prefira intervalados (oscilações entre caminhadas e corridas).

7. TEMPERATURA BASAL E SINAIS DE DEFICIÊNCIAS HORMONAIS

É muito importante ser capaz de identificar a existência de alguma alteração hormonal. Desordens hormonais da tireóide são simplesmente diagnosticadas, e são extremamente comuns, muitos são os fatores, stress, alimentação equivocada, contraceptivos. Vou ensinar um teste simples, meça a temperatura maxilar por 5 dias, todas as manhãs, antes mesmo de sair da cama, e faça uma média. Se a média das 5 temperaturas for inferior a 36,5, você PODE ter uma hipofunção da tireóide. Problemas de tireóide devem ser investigados e tratados. Problemas de Testosterona, principalmente entre as mulheres que usam anticoncepcionais, também devem ser investigados. A diminuição dos níveis de Testosterona nos homens também causa muitos efeitos que atrapalham a perda de peso e a saúde. Problemas de sono, também podem indicar alterações hormonais, sendo causa ou consequência de hábitos.

8. QUAL O MELHOR TRATAMENTO PARA EMAGRECER?

96% das pessoas que optam por tratamentos para emagrecer voltam a engordar. Não existe fórmula mágica. Apenas o tempo, a discilpina e a força de vontade podem fazer você emagrecer com qualidade. A melhor dieta? Não se chama dieta, mas sim plano alimentar que se adapte a um estilo de vida saudável! Não acredite em milagres, medicamentos ou dietas que te fazem melhorar por um tempo e depois gerar efeito rebote ainda pior. Mude sua vida!

9. DICAS PRÁTICAS

Beba muita água. Cuide a ingestão de líquidos junto com as refeições. Caso necessite, recorra à suplementação. Opte por companhias que entendam e participem dos seus hábitos alimentares saudáveis e que não contribuam para lhe tirar do caminho que escolheu. Procure dicas e receitas na internet, estabeleça metas, se interesse pela sua saúde.

10. PORQUE TER O CORPO QUE VOCÊ SEMPRE SONHOU PODE MUDAR A SUA VIDA?

Imagine-se com o corpo que sempre sonhou e pense em como se sentiria. Qual seria a sua sensação ao conquistar o corpo dos seus sonhos?Imagine-se com ele, desfilando por aí, conscientize-se que você estará mais bonito, saudável e feliz. Feche os olhos e mentalize essa sensação todos os dias, durante todo o seu processo de emagrecimento.

24 dicas para perder peso comprovadas cientificamente

Tomar água antes das refeições, incluir ovos no café da manhã e mastigar devagar são algumas das estratégias

O desejo e/ou a necessidade de perder peso fazem, atualmente, muitas pessoas buscarem constantemente informações e novidades sobre o “universo” da alimentação saudável, da prática de exercícios físicos e dicas em geral sobre emagrecimento.

E o tempo todo surgem “novidades” no mercado do emagrecimento: são produtos que prometem perda de peso rápida; alimentos que são “grandes aliados” da alimentação saudável, outros que são vistos como “vilões”; a “dieta da moda que fez diversos famosas perderem peso” e muito mais.

E, no meio de tanta informação, muita controvérsia, e até certa “desinformação”, não é de se estranhar que tantas pessoas se vejam, hoje, em dúvida sobre o que podem ou não comer; sobre a “melhor dieta” e/ou “produto ideal” que ajudará na perda de peso!

Leia também: Phytophen bula

Por mais que pareça óbvio, muitas pessoas ainda não querem acreditar que “não existe milagre”, que a perda de peso saudável e definitiva é, na verdade, fruto da união de diversos fatores relacionados a uma real mudança de hábitos, além de muita disposição e foco.

Porém, o interesse crescente pelo assunto “emagrecimento” motivou (e ainda motiva) muitos cientistas a descobrirem estratégias que, de fato, são úteis na perda de peso. Não são “dicas milagrosas de como emagrecer”, mas, sim, fatos baseados em evidências. Neles é possível confiar e ter a certeza de melhores resultados!

Leia também: 10 alimentos que parecem saudáveis mas não são

1. Inclua ovos no café da manhã

FOTO: GETTY IMAGES

Estudos mostraram que incluí-los no café da manhã pode ajudar você a consumir menos calorias nas próximas 36 horas, perder mais peso e gordura corporal.

Mas, se você não pode comer ovos por alguma razão, tudo bem, incluir outra fonte de proteína de qualidade no café da manhã também ajudará!

2. Beba água, especialmente antes das refeições
Beber água é essencial e fazer isso antes das refeições é ainda mais eficaz: de acordo com estudos, pode aumentar o metabolismo em 24% a 30% durante um período de uma hora a uma hora e meia, ajudando você a queimar mais calorias.

Leia também: Kifina funciona

Outro estudo da Universidade Virginia Tech (Virginia, EUA) mostrou ainda que
beber meio litro de água cerca de meia hora antes das refeições ajudou as pessoas a consumirem menos calorias e perderem 44% mais peso.

Maria Luiza S. Moura, nutricionista funcional, comenta que o consumo adequado de água é essencial em uma dieta de emagrecimento. “Além de fazer o organismo funcionar corretamente, já é fato que beber água ajuda as pessoas a comerem menos… Visto que, muitas vezes, a sensação de fome confunde-se com a de sede. Por isso, lembro sempre meus pacientes de se manterem hidratados durante o dia todo, não devendo esperar que a sede venha para tomar água”.

Leia também: 10 hábitos alimentares que aceleram o metabolismo

3. Tome chá verde
Além de contar com um pouco de cafeína, o chá verde possui quantidade significativa de catequinas (poderosos antioxidantes), e ambos trabalham em sinergia aumentando a queima de gordura.

Maria Luiza destaca que o chá verde é um grande aliado para quem deseja perder peso. “Como todo chá, ele possui efeito diurético, o que jáé muito benéfico, mas o destaque fica para seu efeito termogênico. Lembrando que ele deve ser tomado sem adição de açúcar e de forma moderada, preferencialmente orientada por um nutricionista”, diz.

4. Beba café preto
O consumo de café foi muitas vezes criticado, mas, hoje, sabe-se que esta bebida oferece diversos benefícios para a saúde, especialmente por possuir quantidade significativa de antioxidantes.

Em relação ao emagrecimento, estudos mostraram que a cafeína contida no café pode aumentar o metabolismo em 3% a 11%, e estimular a queima de gordura em até 10% a 29%.

“Só não vale adicionar açúcar! O ideal é começar colocando um pouco de adoçante e, com o tempo, tentar tomá-lo puro. E também não deve ser consumido em excesso; costumo recomendar a meus clientes até três xícaras de café por dia, mas isso pode variar muito de pessoa para pessoa. O ideal é conversar sempre com seu nutricionista”, destaca Maria Luiza.

Leia também: 10 ideias de lanches rápidos e saudáveis para o dia a dia

5. Corte o consumo de alimentos com açúcar adicionado
O açúcar adicionado nos mais variados tipos de alimentos industrializados é, hoje, um dos fatores mais preocupantes da alimentação moderna. A maioria das pessoas o consome em excesso, e o pior: muitas vezes sem nem saber que está consumindo.

Os riscos vão muito além do ganho de peso. Vários estudos mostram que o consumo de
açúcar (e xarope de milho ) está associado a um maior risco de obesidade, doenças cardíacas, diabetes, entre outros problemas: Consumption of high-fructose corn syrup in beverages may play a role in the epidemic of obesity; Sugar-Sweetened Beverages, Weight Gain, and Incidence of Type 2 Diabetes in Young and Middle-Aged Women; Sweetened beverage consumption, incident coronary heart disease, and biomarkers of risk in men.

Por tudo isso, tanto para quem deseja perder peso, como para quem se preocupa com sua saúde, é muito importante estar atento aos rótulos dos alimentos – evitando ao máximo aqueles que contêm adição de açúcar.

“Muita gente se engana pensando que comprando, por exemplo, um suco de caixinha está ‘fazendo um bom negócio’, mas esse é um tipo de produto que contém muito açúcar adicionado, é péssimo para a saúde. É preciso se atentar aos rótulos… Costumo dizer aos meus pacientes inclusive que, se não souberem do que se trata a maioria dos ingredientes mostrados no rótulo, é melhor nem comprar o produto!”, destaca Maria Luiza.

6. Cozinhe com óleo de coco
O óleo de coco é um grande aliado da saúde por ser rico em triglicerídeos de cadeia média, que são facilmente absorvidos e transformados em energia.

Leia também: 10 maneiras de se sentir motivada durante uma dieta

Alguns estudos mostraram que esse tipo de gordura pode aumentar o metabolismo em até 120 calorias por dia, auxiliando também na redução do apetite e fazendo com que você coma até 256 menos calorias diariamente: Twenty-four-hour energy expenditure and urinary catecholamines of humans consuming low-to-moderate amounts of medium-chain triglycerides: a dose-response study in a human respiratory chamber; Sweetened beverage consumption, incident coronary heart disease, and biomarkers of risk in men.

“O consumo de óleo de coco é superbenéfico à saúde e ele pode substituir outros óleos para cozinhar, já que não produz produtos tóxicos quando submetido a altas temperaturas. Porém, vale lembrar: ele não deve ser consumido em excesso, já que é uma gordura, por isso o ideal é sempre conversar com seu nutricionista e ver a melhor maneira de incluí-lo em sua dieta”, destaca Maria Luiza.

7. Evite os carboidratos refinados
O consumo excessivo deste tipo de alimento está fortemente associado à obesidade, já que ocasiona picos de açúcar no sangue, favorecendo o ganho de peso, e fazendo com que a pessoa sinta mais fome e tenha vontade novamente de comer mais e mais carboidrato (ocasionando um círculo vicioso).

Alguns estudos que já comprovaram os malefícios dos carboidratos refinados são: High Glycemic Index Foods, Overeating, and Obesity e High-glycemic Index Foods, Hunger, and Obesity: Is There a Connection?.

8. Use pratos menores
Parece até bobagem, mas uma pesquisa apontou que comer em pratos menores faz automaticamente a pessoa comer em menor quantidade. Não custa tentar, né?!

9. Aposte em uma dieta de baixo carboidrato
Vários estudos têm apontado os benefícios deste tipo de dieta, tanto para quem deseja emagrecer, como para a melhora da saúde em geral: A low-carbohydrate diet is more effective in reducing body weight than healthy eating in both diabetic and non-diabetic subjects; A Randomized Trial Comparing a Very Low Carbohydrate Diet and a Calorie-Restricted Low Fat Diet on Body Weight and Cardiovascular Risk Factors in Healthy Women; A Low-Carbohydrate as Compared with a Low-Fat Diet in Severe Obesity.

“As chamadas dietas low carb estão ‘na moda’, o que faz com que muitas pessoas a adotem de maneira equivocada, prejudicando a saúde. Mas, quando bem orientadas por um nutricionista, apresentam, sim, ótimos resultados no emagrecimento”, destaca a nutricionista Maria Luiza.

10. Tenha controle sobre o que come

FOTO: GETTY IMAGES

Controlar as porções ou calorias consumidas ajuda quem deseja emagrecer, partindo da ideia óbvia de que, comendo menos, a perda de peso acontece.

Alguns estudos apontam ainda que fazer um diário anotando o que você come e/ou tirar fotos de suas refeições podem ajudar na perda de peso: Self-monitoring in weight loss: a systematic review of the literature; Think before you eat: photographic food diaries as intervention tools to change dietary decision making and attitudes.

“Muitas vezes as pessoas comem mesmo por impulso, repetem a refeição duas ou três vezes, sendo que, na verdade, com o primeiro prato já estariam saciadas… Isso acontece especialmente quando se gosta muito de determinada comida. Neste sentido, fotografar o prato antes de comê-lo ou, simplesmente, olhá-lo com atenção pode trazer mesmo uma consciência de que ‘ali está o suficiente’, de que é o suficiente para matar a fome”, comenta Maria Luiza.

11. Inclua pimenta na dieta
Já se sabe que a pimenta caiena, por exemplo, entre outras pimentas, ajuda a acelerar o metabolismo, por conter capsaicina: Effects of capsaicin, green tea and CH-19 sweet pepper on appetite and energy intake in humans in negative and positive energy balance; The effects of hedonically acceptable red pepper doses on thermogenesis and appetite.

“A capsaicina é o ativo termogênico encontrado na pimenta, tornando este um alimento que, de fato, aumenta o metabolismo. Seu consumo é benéfico, mas deve ser orientado por um nutricionista, pois, em alguns casos, pode não ser bem aceito”, destaca a nutricionista.

12. Faça exercícios aeróbicos
Esta é uma medida essencial para se queimar mais calorias, além de melhorar a saúde como um todo. É ainda muito eficaz, inclusive, para diminuir a gordura que tende a se acumular em torno dos órgãos, podendo causar doença metabólica.

13. Faça musculação

FOTO: GETTY IMAGES

Um dos efeitos colaterais de uma dieta de emagrecimento é a perda de massa muscular que, por consequência, gera uma desaceleração metabólica. Dessa maneira, fazer musculação, associada a exercícios aeróbicos, é muito importante e eficaz: Metabolic slowing with massive weight loss despite preservation of fat-free mass.

14. Inclua mais fibras na dieta
Estudos mostram que consumir fibras ajuda a aumentar a saciedade, fazendo com que a pessoa naturalmente coma menos ao longo do dia.

15. Coma mais vegetais e frutas
Estudo da Baylor College of Medicine (EUA) relaciona o consumo de frutas e vegetais à perda de peso. Esses alimentos são essenciais pois possuem poucas calorias e boa quantidade de fibras, além de serem supernutritivos no geral.

16. Mastigue devagar
É fundamental “dar um tempo a mais” para o cérebro perceber que já foi consumido o necessário para saciar. Assim, estudos mostram que mastigar mais devagar faz a pessoa comer menos, além de estimular a produção de hormônios ligados à perda de peso: Eating slowly led to decreases in energy intake within meals in healthy women; Eating slowly increases the postprandial response of the anorexigenic gut hormones, peptide YY and glucagon-like peptide-1.

“Muita gente pensa que é besteira, mas isso faz toda a diferença para quem deseja emagrecer! Isso sem falar que, mastigar devagar evita problemas como azia, queimação, gases etc.”, comenta Maria Luiza.

17. Durma bem
Um estudo mostrou que dormir pouco pode estar associado ao desenvolvimento da obesidade, tanto na infância como na idade adulta.

18. Controle a dependência alimentar
Um estudo da Universidade Newcastle apontou que a dependência de determinados alimentos é um fator que contribui para comer em excesso, podendo levar à obesidade.

Se você, por exemplo, não consegue ter um bom controle sobre o que come; exagera no consumo de determinados alimentos etc., você pode estar sofrendo com uma dependência alimentar… Neste caso, é válido procurar ajudar profissional!

19. Consuma mais proteínas
Uma dieta rica em proteínas pode aumentar o metabolismo em 80 a 100 calorias por dia, além de fazer a pessoa se sentir mais saciada e consumir menos calorias: Gluconeogenesis and energy expenditure after a high-protein, carbohydrate-free diet; Presence or absence of carbohydrates and the proportion of fat in a high-protein diet affect appetite suppression but not energy expenditure in normal-weight human subjects fed in energy balance.

Se necessário, suplementar com whey protein também pode ajudar e muito quem deseja perder peso.

“Vale lembrar que a suplementação só deve ser feita com orientação de um nutricionista. Caso contrário, o efeito pode ser negativo, tanto para o processo de emagrecimento como para a saúde em geral”, ressalta Maria Luiza.

20. Não consuma bebidas adoçadas com açúcar
Estudo do Boston Children’s Hospital, por exemplo, mostrou que as bebidas adoçadas com açúcar estão ligadas a um aumento de 60% no risco de obesidade em crianças.

“O consumo de refrigerantes, bem como o de sucos ‘de frutas’ industrializados é totalmente prejudicial à saúde da criança e do adulto… O ideal é que esse tipo de bebida nem seja oferecido às crianças para, num futuro próximo, não causar problemas à saúde e nem dependência”, comenta a nutricionista.

21. Tenha somente comidas saudáveis em casa
Esta é a melhor maneira de garantir que, na hora em que bater aquela fome, você não recorra a alimentos não saudáveis (que geralmente são de consumo rápido, como, por exemplo, bolachas, macarrões instantâneos etc.).

“Planejar o cardápio da semana e já ter tudo em casa também faz toda a diferença”, orienta Maria Luiza.

22. Dê preferência sempre à “comida de verdade”
Se você quer perder peso e ser uma pessoa mais saudável, dê preferência sempre a alimentos (em vez de produtos)… Uma comida de verdade não tem uma lista enorme de ingredientes, porque ela é o próprio ingrediente.

Leia também: Como emagrecer

23. Aposte num suplemento com glucomannan
A glucomannan é um tipo de fibra que absorve água, fazendo com que você se sinta mais satisfeita e, assim, consuma menos calorias. Isso foi o que apontou uma pesquisa da Universidade de Wageningen (Holanda).

Outro estudo apontou que as pessoas que usaram suplementação com glucomannan perderam mais peso do que aquelas que não utilizaram a suplementação.

24. Fuja de “dietas”

FOTO: GETTY IMAGES

De acordo com um estudo, as pessoas que aderem a “dietas” tendem a ganhar mais peso ao longo do tempo. Por isso, um conselho certo é: fuja das “dietas da moda”, especialmente daquelas radicais que prometem grande perda de peso em pouco tempo.

O caminho para emagrecer não é outro senão aprender a comer corretamente, se exercitar e mudar alguns hábitos.

Sim, algumas estratégias podem ajudar, mas o ponto de partida é ter consciência de que não existem milagres e que a melhor dieta para emagrecer é aquela planejada para você, por isso, não hesite em procurar um nutricionista!

Os cinco melhores suplementos alimentares para quem quer emagrecer

Suplementos podem ser eficientes na perda de peso, desde que você escolha os corretos. Confira uma seleção com os melhores produtos para emagrecer

Por Renata Demôro
Perder peso é um esforço multidisciplinar. É preciso equilibrar a dieta, controlar a ansiedade, praticar exercícios físicos e escolher os suplementos alimentares corretos. De acordo com o livro “Viva em Dieta, Viva Melhor” (Editora Phorte, 187 páginas, R$52), do nutricionista esportivo Rodolfo Peres, “existem muitas opções no mercado. É preciso escolher o produto de acordo com o seu objetivo final para alcançar o resultado esperado”. A seguir, o autor explica a função dos cinco melhores suplementos alimentares para perder peso:
Veja outras dicas sobre emagrecimento no GNT
Whey Protein
O why protein é uma proteína de absorção super rápida, mas existem diferentes produtos no mercado. “Cada pessoa vai precisar de um tipo de whey protein, já que eles estão relacionados ao horário que essa suplementação vai ser tomada, a disponibilidade de adicionar um carboidrato junto deste shake, a necessidade calórica e nutricional, entre outros fatores. De forma geral, recomendo o consumo de whey protein Isolado. Ele é mais puro, livre de gordura e de carboidratos, sendo mais seguro para misturar com carboidratos de baixo ou alto índice glicêmico. Ele pode ser consumido em forma de lanche, combinado com carboidrato de baixo índice glicêmico como batata doce ou aveia e ainda pós-treino, misturado com mel, banana ou água de coco”, explica Marina.

Leia também: Phytophen funciona

BCAA
Os BCAAs (Branched Chain Amino Acid), é uma suplementação composta pelos aminoácidos leucina, isoleucina e valina, que estão presente em 19% das nossas proteínas musculares. O produto está entre os mais consumidos e eficazes. Como os BCAAs são metabolizados nos músculos e não no fígado, eles podem fornecer energia durante o exercício prolongado. “Os BCAAs são os aminoácidos mais utilizados pelo corpo durante os treinos. A suplementação irá auxiliar na força, recuperação e proteção muscular”, diz Marina.

Glutamina
A Glutamina é aminoácido mais abundante no sangue e a suplementação poupa o tecido muscular. “O produto ajuda a recriar as vilosidades intestinais, que vamos perdemos com a idade, má alimentação e toxinas do dia a dia. A glutamina aumenta a superfície de contato dos nutrientes com a parede intestinal, melhorando a absorção e dando um up na imunidade”, orienta a nutricionista.

Creatina
A creatina pode ser obtida através do consumo de peixe e carne vermelha, mas a suplementação provoca um aumento de até 20% nas concentrações de creatina muscular, potencializando a performance durante a atividade física. De forma geral, o produto aumenta a força muscular, proporcionando treinos mais intensos e ajudando no ganho de massa muscular.

Whey protein
Famoso nas academias, a proteína do soro do leite, conhecida como whey protein, melhora o rendimento durante a prática de exercícios e a recuperação após a atividade. Em pó, o produto deve ser preparado apenas com água, já que o leite pode retardar a sua absorção. E não adianta tomar o produto diversas vezes ao dia. O ideal é escolher um horário preferencial e consumir em jejum, antes ou depois da prática de atividades físicas. Logo após o treino, recomenda-se ingerir o whey protein junto com um carboidrato, evitando a utilização da proteína presente no produto como fonte de energia.
Proteína do soro do leite: entenda a importância na perda de peso

Cafeína
Presente em muitos produtos chamados de queimadores de gordura, conhecidos como fat burners, a cafeína estimula a quebra da molécula de gordura e aumenta a performance durante a prática de atividades físicas aeróbicas ou de força. A dosagem é variável e deve ser avaliada individualmente, já que algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais, como alterações gástricas e psicológicas. Em geral, recomenda-se o consumo de 3 a 6 mg de cafeína por quilo de peso corporal. Vale ressaltar que a suplementação com cafeína em cápsulas não deve ser usada para driblar o cansaço natural porque o estimulante pode debilitar ainda mais o corpo, provocando lesões.
Dieta mediterrânea: tudo o que você precisa saber

CLA (ácido linoleico conjugado)
É o tipo de produto com múltiplas funções. O CLA controla os níveis de insulina no sangue, auxilia na redução da gordura abdominal, promove uma alteração positiva nas proteínas ligadas ao metabolismo das gorduras e melhora as taxas de colesterol e triglicerídeos. Como consequência, ainda há um aumento na queima de gordura e ganho discreto de massa muscular. Para completar o pacote, estudos recentes sugerem que as cápsulas com a substância possuem propriedades anticancerígenas.
Produtos naturais para emagrecer: saiba como consumir

Leia também: Fit Mzt funciona

L-cartinitina
O consumo antes da prática de atividades aeróbicas potencializa o uso da gordura corporal como fonte de energia, com melhora também da capacidade física durante o exercício físico. Como auxiliar na perda de peso, recomenda-se a ingestão de 1 a 3 gramas diárias de L-carnitina em cápsulas ou na forma líquida. A suplementação com a substância é especialmente interessante para os vegetarianos, que apresentam, naturalmente, taxas mais baixas desta substância no organismo.
Sete dicas para manter a dieta no inverno

Leia também: Kifina Funciona

Ômega-3
Você achou que ele era benéfico apenas para a saúde? Os ácidos graxos ômega-3 são excelentes para a melhora da performance durante atividades físicas, elevando a potência aeróbica e a força muscular. Os peixes de águas frias, como salmão, e a semente de linhaça são as melhores fontes da substância, mas ela também é encontrada em cápsulas. Para obter os benefícios, consuma entre 2 e 4 gramas de ômega-3, todos os dias.

Top 10 dietas para emagrecer rápido

O verão está chegando e todo mundo quer ficar com o corpo em forma. Para emagrecer rápido e com saúde, separarmos as 10 melhores dietas do momento.

Leia também: Phytophen Bula

Entre elas está a famosa Dieta Dukan, que promete emagrecimento definitivo e sem efeito sanfona através de um regime à base de proteínas.

Leia também: Kifina

Outra fórmula de sucesso entre as celebridades é a Dieta sem Glúten, que propõem uma desintoxicação do organismo, mas que precisa de acompanhamento de um nutricionista ou médico.

Mas não separamos só as dietas da moda. Na nossa lista também aparece a clássica Dieta dos Pontos. E, como não podiam ficar de fora, os sucos desintoxicantes, que ajudam a limpar o organismo e secar até 3 kg de forma saudável.

Confira outras dicas como essas no Blog da Beleza.

Leia também: Kifina

Woman Sek

Emagrecer sem tem que se privar de tudo é o sonho de qualquer pessoa, não é mesmo? Pensando nisso, foi criado o produto Woman Sek para que você possa perder peso de maneira rápida, segura e duradoura com apenas o consumo de suas cápsulas. Ele é um suplemento com ingredientes exclusivamente naturais, que te auxiliam a perder peso rapidamente e ter aquele corpo que você sempre sonhou.

Fórmula e composição do Woman Sek
Sua fórmula 100% natural é composta por café verde, pimenta e gengibre. Esses ingredientes são poderosos emagrecedores que atuam na desintoxicação do corpo, eliminando as toxinas presentes no organismo, reduzindo a retenção de líquidos e o inchaço, acelerando o metabolismo e consequentemente, fazendo com que ocorra a perda de peso.

Leia também:  Comprar Phytophen

Woman Sek funciona?
Os compostos presentes nesse produto têm ação comprovada cientificamente, sendo devolvido apenas com ingredientes que são eficazes para o emagrecimento. No site oficial do produto você irá encontrar vários depoimentos e relatos de pessoas que usaram e aprovaram o Woman Sek.

Woman Sek emagrece?
Cada corpo reage de forma diferente, independente de qual produto seja consumido, mas normalmente, já se pode notar uma diferença em seu corpo nas primeiras semanas de uso. E como citamos acima, em seu site oficial você encontra depoimentos e relatos de quem garante ter emagrecido rapidamente e com saúde com o uso do Woman Sek.

Benefícios do Woman Sek funciona
São muitos os benefícios que o Woman Sek pode te proporcionar. Citaremos abaixo alguns deles:

Acelera o metabolismo;
Controla a fome, inibindo o apetite;
Estimula o corpo a queimar gordura;
Combate a celulite e a flacidez;
Previne o envelhecimento precoce;
Traz vitalidade para a pele;
Reduz os níveis de colesterol ruim;
Potencializa o sistema imunológico;
Regula o intestino;
Reduz a gordura abdominal;
Obriga seu corpo a usar a gordura como fonte de energia.
O Woman Sek possui bula?
Apenas medicamentos possuem bula, e por ser um suplemento, esse produto não vem com bula. Suas instruções de uso e dosagem vem escritas no rótulo do produto, mas caso ainda tenha alguma dúvida, entre em contato com o fabricante pelo site oficial ou procure orientações de seu médico.

Leia também: Kifina Anvisa

Reclame Aqui
Fizemos uma busca pela internet e até o presente momento em que este artigo está sendo escrito, não foram encontradas reclamações insatisfatórias sobre o uso do produto Woman Sek no site Reclame Aqui.

Preço e valor do Woman Sek
No site oficial você irá encontrar várias opções e preços exclusivos de pacotes para escolher e emagrecer definitivamente. Você poderá escolher entre a compra de 1 frasco para experimentar ou já aproveitar e efetuar a compra de um pacote com vários frascos para ter descontos exclusivos com frete totalmente GRÁTIS. Algumas opções de preços que você encontrará no site:

Onde comprar?
A compra deve ser feita exclusivamente pelo site oficial do Woman Sek, um site totalmente seguro e protegido. Após ter o seu pagamento confirmado, o produto será entregue no prazo médio de 5 a 12 dias úteis.

Posso comprar no Mercado Livre?
Não indicamos realizar a compra em qualquer loja que não seja o site oficial, somente nele sua compra estará protegida e você terá a segurança de estar adquirindo um produto de qualidade. Sites como o Mercado Livre podem vender produtos falsificados e/ou alterados, podendo ocasionar danos a sua saúde.

Womax funciona? Minha experiência.

Vale a pena comprar o Womax? Se você chegou até aqui, provavelmente está querendo saber a resposta dessa pergunta. Pensando nisso, resolvi escrever esse artigo expondo meus resultados e minha opinião sincera sobre esse produto.

Se você ainda tem dúvidas que o Womax funciona, peço que pare tudo que esteja fazendo nesse exato momento e leia esse artigo até o final, tenho certeza que irá tirar todas as suas dúvidas.

Vamos ao que interessa…

Depois que minha rotina de trabalhos começou a aumentar, meu peso aumento proporcionalmente.

O problema é que nunca fui uma pessoa que tem facilidade para perder peso e isso começou a me incomodar.

Cheguei a deixar de sair de casa por vergonha do meu corpo, foi ai que percebi que precisava de ajuda. Conversei com uma amiga de trabalho que conseguiu emagrecer 11 Kg em 4 semanas e perguntei o que ela tinha usado.

Leia também: Phytophen bula

Foi aí que conheci o Womax. Essa minha amiga falou super bem do produto e me instigou a compra-lo, não pensei duas vezes e no mesmo dia, após o expediente entrei no site e adquiri o produto.

A entrega foi bem rápida, chegou com apenas 4 dias! No dia seguinte comecei a usar o produto seguindo todas as recomendações do fabricante.

Tomei durante 4 semanas e nesse período consegui emagrecer incríveis 12 Kg!

Fantástico! De fato o Womax funciona e cumpre com o que promete. E se você quer adquirir esse produto agora, basta clicar no botão abaixo e garantir um desconto exclusivo!

Sim! Quero Meu Desconto Exclusivo

Leia também: Kifina funciona

Como Womax funciona?
A fórmula foi desenvolvida para acabar com o sobrepeso e a obesidade, através de fibras naturais.

Além das cápsulas, você também vai receber orientações alimentares que vão te ajudar a ter uma vida mais leve e saudável.

Veja alguns benefícios do produto:

Absorve e elimina gordura: O produto entra em ação já no estômago, ajudando a absorver e eliminar grande parte da gordura ingerida diariamente.
Acelera o metabolismo: Ajuda o seu corpo a alcançar a termogênese, contribuindo com a queima acelerada de gordura.
Controla o apetite: Forma um gel que começa a absorver gordura logo no estômago, o que proporciona uma sensação de saciedade desde a primeira cápsula.
Regula o intestino: Como a Fórmula de Womax possuí um concentrado de Fibras Inteligentes, o seu intestino vai começar a trabalhar da maneira certa, ajudando também na queima acelerada.
Esses são apenas alguns dos inúmeros benefícios do produto, além desses ele possui vários outros, ainda mais por conta da sua fórmula 100% natural, o que ajuda o corpo a suprir suas necessidades básicas de vitaminas e minerais, dando mais disposição e energia para as tarefas do cotidiano.

O produto é tão eficaz que alguns médicos e nutricionistas recomendam as substâncias da fórmula pelo trabalho único no isolamento e estabilização de fibras presentes em Plantas Nativas Americanas em conjunto com a Casca de Crustáceos de águas profundas. Veja no vídeo abaixo:

Efeitos Colaterais
Uma dúvida muito comum de quem adquire esses produtos naturais para emagrecer são os efeitos colaterais causados pelo produto. Para nossa alegria o Womax não possui efeitos colaterais e nem contra-indicações.

Porém grávidas, lactantes, menores de 18 anos ou pessoas que fazem uso continuo de algum medicamento não devem consumir, assim como quaisquer outros produtos de emagrecimento sem que consultem um médico antes.

Se você não se encaixa nesses casos, então, não se preocupe, pode consumir sem nenhum problema, afinal o produto é natural, não tem anda de similar com os remédios sintéticos que a gente vê por aí.

Vale muito a pena investir no Womax. É um produto que veio para mudar e realmente está mudando a vida de muita gente.

Womax: Como tomar?
Tem outra dúvida muito, mas muito frequente quando se trata de Womax, que é relacionado ao uso do produto.

Eu confesso que eu tinha essa dúvida antes de usar o produto, então, eu me sindo no dever de esclarecer melhor para você aqui.

Deve ser consumida uma cápsula do produto antes do almoço e outra cápsula antes do jantar.

Recomenda-se fazer um tratamento contínuo durante 90 dias (3 meses), para se obter resultados duradouros.

Vale ressaltar que não deve ser tomado doses maiores do que a indicada pelo fabricante!

Depoimentos
Eu não podia fazer um artigo falando do Womax sem trazer alguns casos de sucesso de pessoas que realmente melhoraram de vida graças ao produto.

Resolvi separar alguns depoimentos reais de pessoas que já utilizaram o produto e tiveram os resultados esperados. Veja o que elas tem a dizer:

Womax: Reclame Aqui
Eu não sei você, mas eu sempre procuro saber sobre as reclamações de um determinado produto no Reclame Aqui antes de compra-lo.

E com esse não foi diferente… Verifiquei o Womax no Reclame Aqui e para minha surpresa não havia nenhuma reclamação!

Isso me deu ainda mais segurança para comprar o produto, afinal, mostrou ser um produto que realmente entrega os resultados que promete.

Além disso, eu conferi a reputação do Womax em vários outros sites e todos os relatos e depoimentos eram todos muito positivos, realmente o produto tem uma reputação impecável em toda internet.

E eu sei que isso faz com que cada vez mais pessoas confiem, usem e tenham excelentes resultados com o produto, o que é ótimo no final das contas.

Womax é aprovado pela Anvisa?
Sim! O Womax é devidamente registrado na Anvisa e no Ministério da Saúde. Talvez você não saiba, mas é importante ficar atenta na hora que for adquirir produtos naturais e optar sempre pelos produtos aprovados em ambos os órgãos regulamentadores.

Se você quiser conferir, basta buscar pelo seguinte código: 6.4572.0020.001-3

Optando por produtos aprovados você elimina o risco de ter efeitos colaterais que prejudicam sua saúde e claro, sempre procurar saber as contra indicações de cada produto.

Minha dica secreta para você!
Se você já optou em comprar o seu Womax aqui está uma dica de secreta para você que poderá potencializar os seus resultados:

Assim que você finalizar a sua compra, você receberá no seu e-mail um guia completo para eliminar todo o acúmulo de água do seu organismo.

Talvez você não saiba, mas esses líquidos retidos no seu corpo são responsáveis por uma parte dos seus quilinhos à mais. Siga a risca esse guia, é extremamente importante para potencializar os seus resultados com o produto.

Detalhe: Só com esse guia eu consegui emagrecer 5 Kg!

Como comprar o Womax?
Se você chegou até aqui, provavelmente está decidida a adquirir o Womax, certo? Fico muito feliz em ter te ajudado a tomar essa decisão e volto a afirmar: Você não vai se arrepender!

Para garantir o desconto exclusivo, basta clicar no botão abaixo e fazer o seu pedido.

Depois que entrar no site, basta escolher a quantidade de potes (quanto mais potes, mais barato fica) e clicar no botão: “Comprar Agora”.

Após isso, basta preencher seus dados corretamente e efetuar o pagamento. Outro detalhe importante, faça sua compra preferencialmente com cartão de crédito, pois, além da segurança, seu pedido será processado mais rápido e chegará em menos tempo até sua residência.

Sim! Quero Meu Desconto Exclusivo

Atenção: Esse desconto é exclusivo para leitores(as) do blog, portanto, eu não sei até quando estará disponível. Aproveite enquanto ainda há tempo e compre seu Womax com desconto!

Caso ainda tenha alguma dúvida, ou se você achou que eu deixei de falar alguma coisa, por favor, não deixe de comentar, sua opinião é de extrema importância.

Qualquer dúvida sobre o Womax eu estou aqui para te ajudar, ok?

Além disso, espero que em breve você alcance os resultados que tanto busca. Muita saúde pra você e sua família, beijos!