Remédio Para Dormir – Conheça os Tratamentos Indicados

Remédio Para Dormir – Conheça os Tratamentos Indicados

Muitas pessoas têm dificuldade na hora de dormir, isso pode ser causado pelo não desligamento do trabalho, ansiedade, depressão, TOC e outras doenças que variam de leves até mais graves.

Em alguns casos são utilizados remédios para dormir, geralmente conhecidos por serem tranquilizantes, indutores do sono ou hipnóticos e devem ser consumidos de maneira moderada e com acompanhamento médico durante todo o tratamento indicado. Remédio para insônia

A maioria são adquiridos em farmácias, porém é necessário algumas vezes a receita médica, pois são tarja vermelha ou preta, têm muitos efeitos colaterais e se não tomados da maneira correta podem trazer muitos malefícios para o organismo. Os cinco principais indicados são:

Lexotan;
Xanax;
Valium;
Dalmadorm;
Tranxilene.
Devem ser consumidos somente com a prescrição médica, muitos desses medicamentos podem causar dependência, principalmente para pessoas que já tenham histórico de envolvimento com problemas de drogas e álcool em excesso.

Geralmente eles não têm a indicação exata para tratar a dificuldade para dormir, mas sim para a causadora dessa dificuldade, que pode ser várias doenças, mas geralmente são associadas à:

Ansiedade;
Síndrome do Pânico;
Pessoas com traumas recentes;
TOC;
Tensão e agitação em excesso.
COMO FUNCIONAM
Geralmente atuam direto no sistema nervoso central, diretamente no efeito do neurotransmissor natural. O ácido gama aminobutírico inibe reações químicas que atenuam a ansiedade e doenças relacionadas.

Os remédios para dormir podem atuar em diferentes áreas, podendo ser:

Sedativos;
Hipnóticos;
Ansiolíticos;
Relaxante Muscular;
Anticonvulsivante.
O médico irá primeiro diagnosticar a causa dessa dificuldade em dormir e depois irá medicar o paciente de acordo com o causador principal. É importante que não aconteça a ingestão dos medicamentos sem a receita médica, geralmente essas fórmulas são fortes e têm muita propensão de causar dependência no paciente.

RECOMENDAÇÕES
Os medicamentos são indicados para pessoas que tenham dificuldade em dormir, sintam-se cansadas no outro dia e com dificuldades para concentrar-se no trabalho ou estudos. Ao iniciar o tratamento com esses medicamentos indicados pelo médico é preciso tomar alguns cuidados e seguir algumas recomendações para que o organismo continue a trabalhar corretamente:

Não tomar mais do que a dose indicada, isso pode prejudicar drasticamente a saúde;
Não ingerir bebidas alcoólicas;
Fazer exercícios físicos regularmente, isso pode ajudar a regular o ciclo natural do sono;
Não misturar medicamentos: caso precise fazer o uso de outro remédio, consulte o médico de confiança antes;
Não interromper o tratamento.
É sempre importante também ficar atento aos sinais de dependência do remédio, caso sinta algo diferente do esperado, consulte o seu médico o mais rápido possível.

EFEITOS COLATERAIS
Como a maioria dos medicamentos, os remédios para dormir também trazem alguns efeitos colaterais para o corpo, alguns deles comuns para quem faz o uso dentro da quantidade permitida, outros já são exclusivamente para quem está dependente.

Para quem toma corretamente os efeitos colaterais comuns são:

Risco de quedas e dificuldade na coordenação motora;
Desatenção;
Sentir que ainda está com sono no outro dia;
Memória enfraquecida.
Em casos de dependência química o paciente irá sentir:

Dificuldade na vida sexual;
Riscos de parada cardiorrespiratória;
Dificuldades de convivência.
Por isso é tão importante ficar atento a qualquer sinal muito diferente do esperado, caso isso aconteça, consulte um médico de confiança.

QUAL MÉDICO PODE RECEITAR?
Caso, o paciente sinta necessidade de tomar medicamentos para conseguir adormecer é preciso procurar um médico neurologista, psiquiatra ou até mesmo um clínico geral.

O paciente vai precisar passar por alguns diagnósticos e exames antes de ter efetivamente a receita médica em mãos, o remédio só será indicado de acordo com a principal causa dessa falta de sono.

REMÉDIOS CASEIROS
Se você não quer recorrer aos métodos mais drásticos que são os remédios para dormir, saiba que existem muitas fórmulas naturais que você pode recorrer. Além de serem naturais, são bem mais baratas do que os remédios citados anteriormente, leia mais abaixo.

FLOR DE MARACUJÁ
Um remédio natural para o sono, a flor de maracujá e a sua fruta são sempre muito recomendados para quem precisa se acalmar e dormir. Não possui efeitos colaterais mesmo quando usado em grande quantidade.

Você pode consumi-la em forma de chá, essências, óleos aromáticos ou por meio de fórmulas homeopáticas.

MELATONINA
Um hormônio produzido por nosso corpo, a melatonina é essencial na regulação do sono. Ela pode ser consumida de maneira sintética, é dietética e também antioxidante. Pode ser encontrada em forma de cápsulas em lojas de produtos naturais e em algumas farmácias.

CAMOMILA
Conhecida por atuar eficientemente para quem tem dificuldades em dormir, pode ser consumida em forma de chá, extrato e também em pomada! É encontrada em mercados e lojas de produtos naturais.

CANELA E MEL
Essa mistura quando praticada regularmente é muito eficiente para quem tem dificuldades em dormir. Esmague a canela e misture-a com o mel (1 colher de chá), coma essa mistura antes de ir para a cama.

FLORES DE JASMIM
O aconselhado é colocar as flores de jasmim ao lado da cama, sua fragrância mantém os nervos sob controle e auxiliam em um sono mais tranquilo e sensação de calma. Também pode ser consumida por meio de chá.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *